Andressa Leoni Borges


Nota biográfica

Brasileira, da cidade de São Luís, no estado do Maranhão, 30 anos, morando em Lisboa-PT.

Graduada em Fisioterapia pela Faculdade Santa Terezinha – CEST. Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Teologia Hokemãh – FATEH. Pós-graduada em Gestão Educacional e Docência do Ensino Superior pela Faculdade Mário Schenberg de São Paulo.

Mestre em Ciências da Educação e Doutoranda em Educação pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, de Lisboa.

Foi Fisioterapeuta Intensivista no Hospital UDI e Prestadora no Plano de Saúde CASSI na cidade de São Luís do Maranhão.

Trabalhou como professora em Metodologia da Investigação Científica e Diretora Pedagógica no Instituto de Educação Superior – ILUSES.

Projeto individual de Doutoramento

HISTÓRIA DA INSTITUIÇÃO – A ruptura curricular de gêneros no sistema educacional católico brasileiro da Escola São Vicente de Paulo em São Luís do Maranhão.

A instituição escolar não apenas “fabrica” os indivíduos que a frequentam como é também produzida por eles e pelas representações e sentidos que nela circulam. O próprio processo de socialização faz com que os rapazes sejam preparados para dominarem a esfera pública, na qual se desenvolvem as atividades correspondentes à produção de tecnologias, caracterizada pela objetividade e racionalidade, enquanto as moças são estimuladas a viverem no domínio privado, que se caracteriza pela afetividade e subjetividade.

Neste contexto ressalta que a importância de conhecer a história desta instituição nos remete que foram elas – A Congregação das Filhas da Caridade – uma das primeiras Ordens Religiosas de vida ativa a se estabelecerem no Brasil e se destacaram no âmbito social nas áreas de educação e de evangelização da juventude.

É inegável a contribuição efetiva das Filhas da Caridade na formação da sociedade brasileira, sendo elas as pioneiras, ao criarem um tipo novo de presença religiosa feminina no período imperial, mais ativa e atuante, nas áreas caritativa e educacional, e por esse motivo a pesquisa visará estabelecer um levantamento documental da Escola São Vicente de Paulo na cidade de São Luís, com intuito de engradecer a história da educação no Brasil e compreender qual o momento que houve a ruptura de gênero nesta instituição.