Carla Dimitre Dias Alves


Nota biográfica

Carla Dimitre Dias Alves é doutoranda em Educação na Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. É Formadora certificada pelo Conselho Científico-Pedagógico de Formação Contínua (CCPFC) e integra a Bolsa de Formadores Internos (BFI) do CFJR de Gondomar.

É Mestre em Ciências da Educação, área da especialização em Supervisão Pedagógica, pela Universidade Lusófona do Porto (2012). Foi coautora de manuais escolares do 1.º Ciclo.

Exerceu funções de formadora do Programa Nacional do Ensino de Português (PNEP), durante três anos. Foi Mediadora dos Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA).

Iniciou a atividade docente como professora do Ensino Básico do 1.º Ciclo, em1978. Atualmente exerce funções na Escola Básica com jardim de infância do Taralhão, sendo Coordenadora e Coordenadora, desde 2006, do Núcleo Pedagógico do Taralhão, Vinhal e Carregais (EB/JI do Taralhão, EB do Vinhal, JI do Vinhal e JI dos Carregais).

Encontra-se, ainda, com a função de coordenadora do Projeto Aprender a Crescer, desde 2014.

Projeto individual de doutoramento

O Projeto Aprender a Crescer: Desenvolvimento transdisciplinar da leitura em monodocência coadjuvada no 1º CEB.
Título
Maria de Nazaré Castro Trigo Coimbra
Orientador
Resumo

Atualmente, a Escola é desafiada a oferecer um ensino de qualidade, através de estratégias facilitadoras de uma aprendizagem significativa, na intenção de dar resposta às transformações sociais e tecnológicas da sociedade. A finalidade é contribuir para o aumento da literacia e para mais sucesso educativo dos alunos, incentivando a sua formação plena, como profissionais e cidadãos.

Nesta perspetiva, este estudo pretende averiguar de que forma o Projeto Aprender a Crescer, em monodocência coadjuvada, favorece o desenvolvimento de competências transversais de Língua, relacionadas com a compreensão leitora, nos alunos do 2.º, 3º e 4º ano do 1º CEB, nas disciplinas de Português e Matemática. Face às mudanças legislativas, interessa equacionar a eficácia do trabalho colaborativo docente, em monodocência coadjuvada, em contexto de sala de aula. Assim, a análise da implementação e avaliação do Projeto Aprender a Crescer, entre 2014 e 2016, pretende contribuir para a melhoria da proficiência linguística, em especial de compreensão da leitura, e dos resultados escolares de alunos do 1º CEB, de um Agrupamento de Escolas, em Gondomar.

A fim de analisar o desenvolvimento de competências transversais de Língua Materna no 1º CEB, no processo investigativo deste estudo de caso, recorrer-se-á a uma abordagem metodológica qualiquantitativa, conjugando a análise categorial do discurso com a análise de dados quantitativos, devido à complexidade da realidade educativa em análise.