Georgina Benrós de Melo


Nota biográfica

Georgina Maria Augusta Benrós de Melo, natural de Cabo Verde, obteve o grau de Mestre em Património, Turismo e Desenvolvimento, pelo Departamento de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade de Cabo Verde, após defesa da dissertação “Museu Virtual de Paisagens de Cabo Verde – Por um modelo alternativo de turismo”. Licenciou-se em Economia pelo Instituto Superior de Economia da Universidade Técnica de Lisboa. Fez estudos de pós graduação com o CENFA – Centro de Formação e Aperfeiçoamento Administrativo (Praia, Cabo Verde) / FUNDAP – Fundação do Desenvolvimento Administrativo (São Paulo, Brasil) e com a Graduate School of Public and International Affairs da Universidade de Pittsburgh (Pittsburgh, PA, EUA).

Trabalhou como economista tanto em Cabo Verde como em Timor-Leste. Desempenhou funções tanto no sector público quanto no sector privado em Cabo Verde. Em Timor-Leste, conduziu o processo de instalação da agência de promoção do investimento e das exportações, tendo sido sua primeira Diretora Executiva. Tem igualmente experiência em organizações internacionais e ainda em organizações da sociedade civil. Já trabalhou com projetos de diferentes fundos e agências das Nações Unidas. Também já trabalhou com projetos financiados pelo Banco Mundial, tanto em Cabo Verde como em Timor-Leste.

Publicou artigos em revistas especializadas e em jornais, em Cabo Verde e em Portugal, para além de ter comunicações publicadas em livros editados na sequência de participação em distintas conferências. É coautora, com Ana Cristina Lopes Semedo, do “Guia do Exportador para o Mercado da União Europeia”, editado em Março de 2001, pela agência caboverdeana de promoção do investimento. É igualmente coautora, com Luís Alves e Pedro Barros, dos “Estudos de Base: Indicadores Sócio-Económicos e Situação do Ambiente” que, conjuntamente com o “Relatório Nacional – Síntese” preparado por Cláudio Furtado, dão corpo ao “Relatório do Desenvolvimento Humano – Cabo Verde – 1998 – PNUD”, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD).

Exercia as funções de Coordenadora da Unidade Nacional de Implementação do programa Quadro Integrado Reforçado (Enhanced Integrated Framework) da Organização Mundial do Comércio em Cabo Verde, debruçando-se, privilegiadamente, sobre o desenvolvimento do comércio, do investimento, do setor privado, e da conexão às cadeias de valor globais, quando, na sequência de um concurso público internacional aberto em todos os Estados membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) foi selecionada para Directora Geral da CPLP. Mudou-se então para Lisboa, onde está localizada a sede da CPLP, tendo tomado posse como a primeira mulher a exercer o cargo de Directora Geral do Secretariado Executivo da CPLP, a 3 de Fevereiro de 2014.

Áreas de interesse académico e científico

  • Economia
  • Desenvolvimento
  • Museologia
  • Sociomuseologia
  • Políticas Públicas de Museus

Projeto individual de doutoramento

Por uma Política de Museus em Cabo Verde
Título
Judite Primo
Orientadora
Resumo

O estudo começa por fazer o levantamento do estado da Museologia praticada no arquipélago de Cabo Verde, da legislação caboverdeana relativa à política cultural e museológica, bem como da parte relevante das políticas ambiental e de ordenamento do território. Partindo da perspectiva proposta por Hugues de Varine-Bohan de que o Museu é uma instituição de desenvolvimento local, o estudo busca avaliar a viabilidade do museu integrar os sistemas de governança locais, respeitadores da população, enquanto detentora e herdeira do património. Finalmente, propõe o que poderiam ser as linhas de força de uma política nacional de museus que, na perspectiva da Sociomuseologia, pudesse contribuir para a estruturação de uma rede nacional de museus capazes de servir as respectivas comunidades, empoderando-as para enfrentar os desafios do desenvolvimento.