• Início
  • Notícias
  • Investigação pós-Doutoral sobre governo digital – Doutora Kleomara Cerquinho

Investigação pós-Doutoral sobre governo digital – Doutora Kleomara Cerquinho

A Doutora Kleomara Cerquinho, investigadora integrada do CeiED, fez a sua formação em Administração e Direito em diferentes universidades do Brasil e é, atualmente, Professora Adjunta na Universidade Federal do Amazonas.

Neste momento, encontra-se em Portugal durante 4 meses a participar num projeto de investigação intitulado “Estudos avançados em governo digital: uma análise do Portal do cidadão de Portugal”, sob a tutoria do Professor Doutor António Teodoro.

Esta investigação relaciona-se com a sua vasta experiência que possui na área de Administração de empresas públicas e particulares, focando-se, sobretudo, nos temas: Gestão Tecnológica Empresarial e Governamental, Organização Empresarial, EaD, análise e avaliação de Portais/websites públicos.

No contexto mundial, a sociedade tem-se tornado cada vez mais tecnológica, trazendo consigo novos cenários, tempos e espaços diferenciados, direcionando as pessoas e organizações a alterar as formas de linguagem, comunicação e interação. Portugal, assim como os demais Estados-membros da ONU, tem promovido a integração tecnológica junto dos seus cidadãos, bem como tem sido avaliado pelas Nações Unidas em relação à fase em que se encontra na relação com a sociedade.

Por este motivo, o objetivo da pesquisa realizada pela Doutora Kleomara Cerquinho é identificar a fase – e-government ou e-participation – em que se encontra o uso da Internet na relação Estado-sociedade no Portal do cidadão de Portugal.

Neste momento, a pesquisa está centrada na análise de 3 portais: o Portal do Cidadão Português (foco deste estudo), o Portal da República Portuguesa e o Site do Orçamento Participativo Português.

Dos 3 portais, os dois primeiros já tiveram a navegação concluída e para o último, a investigadora aguarda, ainda, uma maior participação de projetos propostos pelos cidadãos para concluir a sua análise.

A investigação que está a ser levada a cabo pela Doutora Kleomara Cerquinho é financiada pelo Banco Santander.

Tags: