Almira Alves


Nota biográfica

Possui graduação em Odontologia pela Universidade Federal de Alagoas (1977), mestrado (1984) e doutorado (1990) em Ciências Odontológicas pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, é especialista em Gestão Pedagógica em Saúde pela Universidade Federal de Alagoas (2008) e Educação para as Profissões da Saúde pela Universidade Federal do Ceará (2010).

Foi Vice-Reitora da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas no período de 2009 a 2013. É Avaliadora Institucional e de Curso do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais – MEC. Professora Adjunta da Universidade Estadual de Ciências da Saúde de Alagoas atuando a nível de Graduação, Especialização e Mestrado.

Estudiosa do Ensino em Saúde, detentora de várias patentes na área da Educação para Saúde. Pesquisadora na área de Saúde Coletiva, com ênfase em Educação para a Saúde, atuando principalmente nos seguintes temas: educação em saúde, estruturação de recursos educativos e ensino em saúde.


Projeto pós-doutoramento

Programas de educação em saúde: enfoques e tipos de estudos produzidos no Brasil e em Portugal
Título
António Teodoro
Orientador
Sandra Queiroz
Co-orientador
janeiro a dezembro de 2014
Período

Entende-se por educação para saúde experiências de aprendizagem visando facilitar ações conducentes à saúde. A educação para a saúde está ancorada à ideia de promoção da saúde e a processos de conscientização individual e coletiva quanto às responsabilidades e aos direitos à saúde.Esta visão pressupõe que o processo se estabeleça numa lógica de partilha e de corresponsabilidade, distanciando-se de modelos tradicionais e da mera transmissão de informação.

Esta abordagem partilhada, e interdisciplinar, ainda não é uma realidade no Brasil e em Portugal, onde os projetos educativos em saúde seguem, ainda, o modelo da transmissão do conhecimento onde um ensina e o outro aprende, permanecendo dessa forma a ideia de que as informações técnico científicas podem determinar a permanência ou a falta de saúde. Embora não seja abundante a produção cientifica sobre este tema considera-se que os estudos realizados no Brasil e em Portugal justificam a realização de uma investigação que permita sistematizar o conhecimento produzido sobre os enfoques e tipos de estudos da educação para saúde. Este estudo tem, então, como objetivo, mapear a produção bibliográfica científica produzida no Brasil e em Portugal sobre os enfoques e tipos de estudos da educação para a saúde.