Talita Souza Umbelino Rodrigues da Cruz


Nota biográfica

Escritora, Presidente do Grupo Impacto Educacional e do Impacto Autista, junto a ALESP/Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. Coordenadora Universitária dos Programas de Pesquisas Globais PPGPP/Programa de Pesquisas Globais Políticas Públicas, PPGSCEJ/Programa de Pesquisas Globais Saúde, Ciências Educacionais e Jurídicas, PPGTEA/Programa de Pesquisas Globais Transtorno do Espectro Autista e PPGTAA/Programa de Pesquisas Globais Tecnologias Assistivas e Acessibilidade, bem como, em cursos de especialização e liderança de Pesquisas Globais junto ao Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil Lattes/CNPq.

Membro do Programa de Pesquisas Campo da Saúde da Unesp Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Menbro do CEIED – Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento da ULHT – União Européia. Doutoranda em Educação pela União Européia, Mestre em Educação, Pós-Graduada em Educação Especial, Gestão Escolar e Gestão em Implantação de Ensino à Distância – EAD.

Atua nas áreas da Pedagogia, Teologia, Saúde, Ciências Educacionais e Jurídicas, desenvolvendo pesquisas nas áreas de: Interdisciplinaridade na Saúde, Direito e Educação, especificamente em Transtornos Globais e Invasivos do Desenvolvimento (enfatizando casos de TEA/Transtorno do Espectro Autista). Atuando também na Formação Continuada Multiprofissional, Implantação de Projetos Sociais, Educacionais (Terceiro Setor) e Discurso como Ferramenta para Obtenção de Direitos. Possui outros cursos de aperfeiçoamento e extensão nas áreas afins.

Sua trajetória percorre atuação e experiência em áreas da Gestão na Educação Básica, Educação Especial, bem como no Ensino Técnico e Superior, na assessoria, direção, orientação, docência e coordenação de cursos presenciais e EAD, bem como, nas áreas empresariais na administração e direção executiva.

Projeto individual de doutoramento

Inclusão x Universidade: Políticas Públicas, Ensino Superior e Processos de Mudanças.
Título
Ana Benavente
Orientador
Nem tudo é para todos, diminuir as desigualdades implica na aplicação e viabilização, de condições diferenciadas para pessoas diferentes, neste sentido, o desfasamento entre a proposta curricular descrita, e, garantida nas políticas públicas por meio das legislações vigentes, com a prática de aplicação destas estruturas na instituição universitária, para as pessoas com deficiências, está na inexequibilidade destes direitos por conta de um sistema curricular pensado para todos, engendrado em aspectos comuns, desconsiderando as diferenças e singularidades inerentes em cada individuo. Muitos são os constrangimentos existentes na aplicação dos conteúdos técnicos, para os sujeitos com deficiências em processo nos cursos de graduação das universidades. Entre a inclusão social destes, e, domínio dos conteúdos reais a serem desenvolvidos num programa curricular de um curso superior, muitos celeumas, constrangimentos, complicações e implicações de diversos aspectos são encontrados. Considerando as especificidades dos alunos incluídos, bem como, as garantias no que se refere à permanência destes no ensino superior, podemos claramente visualizar um enorme abismo no que se refere às práticas de aplicação curriculares. Outras implicações de ordem interpessoal, processo de comunicação, adaptação de conteúdos, também podem ser visualizadas. Neste sentido nos questionamos quanto à possibilidade de viabilidade da aquisição de certas formações tendentes ao exercício de algumas atividades profissionais.

Contudo, não há dúvidas quanto a necessidade emergencial no que se refere a uma reestruturação institucional no ensino superior, não há dúvida ainda que o primeiro obstáculo a ser vencido está na compreensão da participação nas discussões de ordem e caráter das Políticas Públicas, bem como, iniciativas de implantação de Núcleos Efetivos de trabalho acerca da promoção efetiva de desenvolvimento das questões de inclusão, assistência e acessibilidade, mesmo que ainda, mantenham-se em iniciativas de forma isolada. Alguém precisa começar! Alguém precisa, reinventar a roda…

Resumo