• Início
  • Investigação
  • Promover e avaliar as competências de pensamento crítico e criativo na educação superior e formação de professores

Promover e avaliar as competências de pensamento crítico e criativo na educação superior e formação de professores

Apresentação

A criatividade e o pensamento crítico são competências-chave para as economias e sociedades complexas e globalizadas do século XXI. Este novo projeto do Centro para a Investigação e Inovação no Ensino da OCDE (CERI) tem como objetivo apoiar as instituições de ensino superior a melhorar a qualidade do seu ensino para promover o pensamento criativo e crítico dos alunos. O projeto irá construir uma comunidade internacional de prática em torno do ensino, aprendizagem e avaliação da criatividade e pensamento crítico no ensino superior, procurando responder às seguintes questões: Como é que as instituições atualmente fomentam e avaliam essas competências como parte de seu ensino? Como é que poderiam melhorar as suas práticas? Como é que o setor de ensino superior pode utilizar essas práticas para melhorar a qualidade de seu ensino internacionalmente?

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias é uma das instituições de ensino superior que participam no projeto, conjuntamente com mais de 20 instituições de cerca de 14 países, nas quais se incluem também outras instituições nacionais. Sob a coordenação da investigadora Elsa Estrela, estarão envolvidos docentes dos cursos de Engenharia Informática e Medicina Veterinária da ULHT que vão projetar e documentar atividades pedagógicas e avaliações, participando em planos de desenvolvimento profissional com o objetivo de intencionalmente promover a criatividade e o pensamento crítico. Os efeitos das intervenções pedagógicas nos estudantes e professores serão monitorizados através de metodologias quantitativas, envolvendo a aplicação de um questionário em pré e pós-teste, e de relatos qualitativos de modo a fornecer evidências dos efeitos das diferentes pedagogias testadas.

O projeto está no seu segundo ano de desenvolvimento e tem sido bastante frutífero relativamente às sinergias que as instituições nacionais participantes têm desenvolvido, nomeadamente no âmbito da preparação dos instrumentos de recolha de dados em Língua Portuguesa, bem como na preparação de formação específica para os docentes participantes. 

Financiamento

Auto-financiamento – 48000€

Período

2018-2022

Investigadores

  • Elsa Estrela
  • Manuel José Damásio (CICANT)
  • Célia Pires (ULHT)
  • Carla Galego
  • Sónia Vladimira
  • Alcina Oliveira Martins
  • Susana Sá
  • Teresa Lopo
  • Vítor Rosa