EDCE: Educação Desportiva, Corpo e Ética

Apresentação

Os progressos da ciência, o desenvolvimento das máquinas, a divisão do trabalho, a concentração urbana e as condições de alojamento, o aumento dos tempos de lazer e a melhoria dos níveis de vida transformaram a existência dos indivíduos. A civilização tecnicista fez nascer nele a necessidade crescente de movimento, da necessidade de uma atividade física compensadora, de fontes de descontração e de distração. A crescente centralidade do corpo (aparência, sensações físicas, etc.), nas sociedades ocidentais, tem vindo a incitar a procura de práticas desportivas com vista à manutenção da forma física. O corpo deve ser mantido saudável, considerando-se a máxima de Juvenal: “mens sana in corpore sano”. Quando a globalização parece apagar as identidades nacionais, o desporto torna-se o meio identificável, na esperança de uma vitória ou de uma proeza, de uma amplificação variável, segundo os estatutos, as experiências históricas e as expetativas relativas. O desporto, elevando-se à categoria de direito humano, é uma realidade cultural, onde são realçadas as virtualidades educativas, de inclusão social, de salvaguarda dos valores, das regras, da moral ou da ética, mas também de desvios (dopagem, corrupção, por exemplo).

Com esta Comunidade pretende-se refletir sobre a educação desportiva, o corpo e a ética. São objetivos desta ReLeCo:

  1. Refletir sobre a importância associada aos cuidados com o corpo, como marca de identidade e individualidade, da educação para a saúde e da dinamização da dimensão de inclusão social.
  2. Fomentar a investigação sobre as relações de educação intergeracional como processo de desenvolvimento social.
  3. Contribuir para o aprofundamento do estudo sobre a ética desportiva.

São áreas temáticas da ReLeCo:

  • O corpo, como marca de identidade e individualidade
  • O desporto para todos
  • A inclusão social pelo desporto
  • Os valores desportivos
  • A educação para a saúde
  • A educação intergeracional

Coordenação

  • Vítor Rosa

Investigadores

  • José Viegas Brás
  • Fernando Borges (CPES/ULHT)
  • Teresa Teixeira Lopo
  • Artur Lobão (ULHT)
  • Claudilene Perim
  • Luís Miguel Gonçalves
  • Luísa Anacleto
  • Maria José Broeiro Gonçalves