Carlos Serrano


Nota biográfica

Cientista social (UFF), especialista Relações Internacionais (UCAM), mestre em Ciência Política e doutorando em Museologia (ULHT), onde é bolseiro da Cátedra UNESCO Educação, Cidadania e Diversidade Cultural. Investigador do LEHC/UFRJ, LAPPCOM e LIERI, ambos UFRRJ. Ex-professor de Ciência Política e de Relações Internacionais (UFRJ) e foi secretário-executivo adjunto da Cátedra e Rede UNESCO/UNU REGGEN. É membro do GT CLACSO de Integração Regional e Unidade Latino-americana. Possui 22 artigos e 5 capítulos de livros publicados, e 1 livro no prelo.

Áreas de interesse académico e científico

  • Ciência Política;
  • Economia Política Internacional;
  • Migrações;
  • Museologia e Património.
  • Marxismo e Museologia;
  • Fascismo e Mudanças de Regimes.

Projeto individual de doutoramento

A influência  do Marxismo na Museologia e na Sociomuseologia
Título
Prof. Dr. Mario Caneva de Magalhães Moutinho
Orientador
Resumo

A partir da constatação de uma influência não reconhecida do marxismo no campo da Museologia e dos museus, a tese traça a história dos marxistas e das teorias marxistas que ajudaram a constituir este campo e trazer inovações para o mundo dos museus. Apresenta inclusive as influências na conformação da escola de pensamento da Sociomuseologia. Este reconhecimento estabelece assim uma possibilidade de refletir sobre os caminhos deste campo do conhecimento e sobre os desafios contemporâneos que enfrenta.