Liriane Costa Luiz


Nota biográfica

Doutoranda em Educação Universidade Lusófona Lisboa/PT. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Paraná/Brasil. Pesquisadora e Psicopedagoga Clínica e Institucional no atendimento de pessoas com deficiência, familiares e profissionais numa perspectiva inclusiva com formação no Brasil, Portugal e Espanha. Professora Associada da Pró-Inclusão – Associação Nacional de Docentes de Educação Especial de Portugal e da Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial – ABPEE. Coordenadora de Inclusão litúrgica, social e profissional em contextos eclesiásticos no Paraná, Brasil, Portugal e Estados Unidos (The Foursquare Church). Em formação internacional no Christian Institute on Disability – Joni and Friends em parceria com a Indiana Wesleyan University no Curso Beyond Suffering.

Áreas de interesse académico e científico

  • Educação Inclusiva
  • Inclusão Social, Acadêmica, Profissional e Teológica para pessoas/alunos com Dificuldade Intelectual (DI).
  • Qualidade de Vida
  • Transição para a Vida Pós-escolar
  • Educação Especial
  • Inclusão Profissional
  • Inclusão e Formação Teológica.

Projeto individual de doutoramento

A Qualidade de Vida de jovens com Dificuldade Intelectual e Desenvolvimental na Transição para a Vida Pós-escolar: cooperação para a educação inclusiva no brasil
Título
Professor Doutor Francisco Ramos Leitão
Orientador
Professora Doutora Cristina Simões
Coorientador
Resumo

A inclusão social está vinculada a várias concepções e mudanças de paradigmas em relação ao direito, à cidadania e às necessidades educacionais das pessoas com deficiência em suas relações e vivências em diferentes esferas da sociedade. Desta maneira, é primordial oportunizar a todos e a cada um, o acesso às melhores condições de vida e de aprendizagem possíveis, que necessitam e devem beneficiar da aceitação, da ajuda e da solidariedade, dos seus pares, num clima onde ser diferente é um valor (LEITÃO, 2019).

Assim, este projeto tem como temática a Qualidade de Vida (QV) no processo de transição para a vida pós-escolar (TVPE) dos jovens com Dificuldades Intelectual e Desenvolvimental (DID), bem como o impacto dos fatores pessoais e contextuais no Brasil.

A QV será avaliada através da Escala Pessoal de Resultados-Crianças e Jovens – EPR-CJ (Simões, 2019), a versão portuguesa da Personal Outcomes Scale-Children and Adolescents (Claes, Mostert, Moonen, Van Loon, & Schalock, 2015). Para a análise estatística dos dados utilizará-se o Statistical Package for the Social Sciences (SPSS).