Skip to main content

Investigação

Publicações Científicas

  • Artigo em Revista Internacional (indexada na WoS e/ou SCOPUS)

    2023

    • Aguiar, J., de Santis, L., & Sin, C. (2023). International student mobility in Psychology: An analysis of Brazilian students in Portuguese higher education. Trends in Psychology,31, 582–600. https://doi.org/10.1007/s43076-023-00270-2
    • Aguiar, J., Sin, C., & Tavares, O. (2023). International students’ experience of remote teaching and learning in Portugal. Open Education Studies, 5(1), 20220190. https://doi.org/10.1515/edu-2022-0190
    • Bernardo, L. M., Bart, D., & Lopo, T. T. (Eds.). (2023). Discursos institucionais de autoridade sobre a escola e os sistemas educativos: Circulação e (re)produção de sentidos na investigação em educação [Dossiê Temático, 120 páginas]. Revista Lusófona de Educação, 59(59).
    • Bernardo, L., Bart, D., & Lopo, T. T. (2023). Nota introdutória. Revista lusófona de educação, 59(59) 91–99. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle59.06
    • Fluckiger, C., Bernardo, L., Bart, D., & Lopo, T. T. (2023). Recherche en éducation et discours institutionnels sur l'École : débats et approches critiques. Revista Lusófona de Educação, 59(59), 215-231. doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle59.13.
    • Jecu, M., Belchior, M., & Gonçalves, R. (2023). MUHNAC: 'Artistas, Património e o Museu' Estudo do Caso: Ação Educativa com crianças. Cadernos De Sociomuseologia, 65(21), 43-54. https://doi.org/10.36572/csm.2023.vol.65.04
    • Mascarenhas, D., Maia, J. S., Rosa, & Teodoro, V. (2023). Estudo Correlacional entre os resultados globais dos domínios do PISA 2018 e os indicadores do TALIS 2018. Revista Lusófona de educação, 56, 179-197.doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle 56.12
    • Matos, J. F., Freitas, A., Estrela, E., Galego, C., & Piedade, J. (2023). Teaching research methods courses in education: Towards a research-based culture. Social Sciences (Basel, Switzerland), 12(6), 338. https://doi.org/10.3390/socsci12060338
    • Matos, J. F., Piedade, J., Freitas, A., Pedro, N., Dorotea, N., Pedro, A., & Galego, C. (2023). Teaching and learning research methodologies in education: A systematic literature review. Education Sciences, 13(2), 173. https://doi.org/10.3390/educsci13020173
    • Seeber, M., Klemenčič, M., Meoli, M., & Sin, C. (2023). Publishing review reports to reveal and preserve the quality and fairness of the peer review process. European Journal of Higher Education, 13(2), 121–125. https://doi.org/10.1080/21568235.2023.2192549
    • Simon, S., Vieira, I., & Jecu, M. (2023). Multi-level education for sustainability through global citizenship, territorial education and art forms. Frontiers in education, 8. https://doi.org/10.3389/feduc.2023.1129824
    • Sin, C., Tavares, O., & Aguiar, J. (2023). COVID-19: Threat or opportunity for the Portuguese higher education’s attractiveness for international students? Journal of Studies in International Education, 27(1), 21–38. https://doi.org/10.1177/10283153221121396
    • Sin, C., & Tavares, O. (2023). The model of state control. In Handbook on Higher Education Management and Governance (pp. 59-70). Edward Elgar Publishing.
    • Tavares, O., Sin, C., Sá, C., Pereira, F., & Amaral, A. (2023). Graduate employment: Does the type of higher education institution matter? Bulletin of Economic Research, 75(4), 1140-1156. https://doi.org/10.1111/boer.12400
    • Vale, A., Martins, A., & Coimbra, N. (2023). The experience of remote teaching in higher education: A scenario of challenges and opportunities. Journal of Higher Education Theory and Practice, 23(2). https://doi.org/10.33423/jhetp.v23i2.5805
    • Thomas Dotta, L., & Lopes, A. (2023). Identities of teacher educators in higher education: A literature review. Revista colombiana de educación, 88, 35–56. https://doi.org/10.17227/rce.num88-13338

    2022

    • Adot, E., Akhmedova, A., Alvelos, H., Barbosa-Pereira, S., Berbegal-Mirabent, J., Cardoso, S., Domingues, P., Franceschini, F., Gil-Doménech, D., Machado, R., Maisano, D. A., Marimon, F., Mas-Machuca, M., Mastrogiacomo, L., Melo, A. I., Miguéis, V., Rosa, M. J., Sampaio, P., Torrents, D., & Xambre, A. R. (2023). SMART-QUAL: a dashboard for quality measurement in higher education institutions. International Journal of Quality & Reliability Management, 40(6), 1518–1539. https://doi.org/10.1108/ijqrm-06-2022-0167
    • Baptista, J. Sin, C., & Tavares, O. (2022). Data and reflections on access-transition to higher education in Portugal. In O. Tavares, C. Sá, C. Sin & A. Amaral (Eds.) Equity Policies in Global Higher Education. Reducing Inequality and Increasing Participation and Attainment, pp. 143-169. Palgrave/Springer Nature.
    • Bartalesi-Graf, D., Agonács, N., Matos, J. F., & O’Steen, D. (2022). Insight into learners’ experience in LMOOCs. Computer Assisted Language Learning, 1–26. https://doi.org/10.1080/09588221.2022.2082484
    • Bertolin, J., Tavares, O., & Sin, C. (2022). Towards a democratic and fair society: Civic competences of Brazilian graduates. Education, Citizenship and Social Justice, 174619792211311. https://doi.org/10.1177/17461979221131148
    • Cardoso, S., Carvalho, T., Rosa, M. J., & Soares, D. (2022). Gender (im)balance in the pool of graduate talent: the portuguese case. Tertiary Education and Management, 28(2), 155–170. https://doi.org/10.1007/s11233-022-09093-9
    • Cardoso, S., Rosa, M. J., & Amaral, A. (2022). Researching higher education in Portugal. European Journal of Higher Education, 1–24. https://doi.org/10.1080/21568235.2022.2125887
    • Carita, A., Lopo, T. T., & Teodoro, V. D. (2022). PISA in the media discourse: Prominence, tone, voices and meanings. Em A. Teodoro (Ed.), Critical perspectives on PISA as a means of global governance (pp. 142–168). Routledge.
    • Cavadas, B., & Correia, M. (2022). Students’ perceptions of an innovative learning environment in higher education: an exploratory analysis. Cuadernos de Psicología del Deporte, 22(2), 1-14. https://revistas.um.es/cpd/article/view/468741/322731
    • Cavadas, B., Rézio, S., Nogueira, J. R., & Branco, N. (2022). A framework and a research design proposal to identify preservice teachers’ integration performance of science and mathematics. Canadian Journal of Science Mathematics and Technology Education, 22(1), 101–129. https://doi.org/10.1007/s42330-022-00198-2
    • Cordeiro, C. D., & Teodoro, V. D. (2022). How PISA is present in the scientific production: A bibliometric review. Em Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance: Risks, Limitations, and Humanistic Alternatives (pp. 25–47).
    • Costa, E., & Costa, I. (2022). O Professor como Educador para a Convivência: Contributos da Formação em Mediação. Cadernos de Educação Tecnologia e Sociedade, 5(1), 164–173. https://doi.org/10.14571/brajets.v15.n1.164-173
    • Costa, M. C., Domingos, A. M. D., Teodoro, V. D., & Vinhas, É. M. R. G. (2022). Teacher professional development in STEM education: An integrated approach with real-world scenarios in Portugal. Mathematics, 10(21), 3944. https://doi.org/10.3390/math10213944
    • Diogo, S., Gonçalves, A., Cardoso, S., & Carvalho, T. (2022). Tales of doctoral students: Motivations and expectations on the route to the unknown. Education Sciences, 12(4), 286. https://doi.org/10.3390/educsci12040286
    • Estrela, E., Rosa, V., & Teodoro, V. D. (2022). Nota Introdutória. Revista Lusofona de Educacao, 2022(56), 41–44.
    • Fonseca, M., Lusófona, U., Gonçalves, M., Franco, D., Quinta, J., Santo, E., Lusófona, U., Lusófona, U., Lusófona, U., & Lusófona, U. (2023). Recensão. Revista lusófona de educação, 57, 161–166. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle57.12
    • Freires, T., Santos, S., & Cardoso, S. (2022). Educação doutoral em Portugal: Mapeamento do cenário. Revista portuguesa de educação, 35(1), 264–286. https://doi.org/10.21814/rpe.22610
    • Galindo, E., Candeias, A. A., Lipowska, M., Sousa, O. C. de, & Stueck, M. (2022). Editorial: School achievement and failure: Prevention and intervention strategies. Frontiers in psychology, 13. https://doi.org/10.3389/fpsyg.2022.838057
    • Guilherme, M., & Teodoro, A. (2022). European and Latin American researchers between mirrors. The internationalization of higher education for social cohesion and equity (M. Guilherme, Ed.).
    • Horta, H., Tavares, O., Amaral, A., & Sin, C. (2022). New perspectives and analytical approaches to better understand academic inbreeding. Higher Education Quarterly, 76(1), 3–7. https://doi.org/10.1111/hequ.12375
    • Lopo, T. T., & Borges, L. (2022). A tomada de decisão política sobre a participação no PISA: Portugal à procura de uma pertença global. Revista Lusófona de Educação, 56(56), 97-109. doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle56.07
    • Maia, J. S., Rosa, V., Mascarenhas, D., & Teodoro, V. D. (2022). Comparative indices of the education quality from the opinions of teachers and principals in TALIS 2018. Cogent Education, 9(1). https://doi.org/10.1080/2331186x.2022.2153418
    • Patatas, T., & Teodoro, A. (2022). Teaching national languages as an instrument of inclusion and unity in Angola. In Comparative Education for Global Citizenship, Peace and Shared Living through uBuntu (pp. 153–168). BRILL. https://doi.org/10.1163/9789004518827_010
    • Pereira, F., Lopes, A., & Thomas Dotta, L. T. (2022). Saberes e identidades profissionais em formação de professores com mais de 50 anos em novas tecnologias digitais. Revista portuguesa de educação, 35(1), 449–470. https://doi.org/10.21814/rpe.22309
    • Primo, J., & Soto, M. (2022). Pelos Caminhos da Museologia e da Educação: sociomuseologia, cidadania e diversidade cultural. Cadernos De Sociomuseologia, 63(19), 09-20. https://doi.org/10.36572/csm.2022.vol.63.01
    • Rézio, S., Andrade, M. P., & Teodoro, M. F. (2022). Problem-based learning and applied mathematics. Mathematics, 10(16), 2862. https://doi.org/10.3390/math10162862
    • Rosa, V. (2022). Large-scale international assessment: Portugal’s participation in TIMSS, PIRLS and ICILS. In A. Teodoro (Ed.), Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance. Risks, Limitations, and Humanistics Alternatives (pp. 126-141). Routledge Research on Education Policy & Politics. https://www.routledge.com/Critical-Perspectives-on-PISA-as-a-Means-of-Global-Governance-Risks-Limitations/Teodoro/p/book/9781032185774
    • Rosa, V., & Araújo, A. (2022). OECD and Education: How PISA is becoming a ‘Big Science’ project. In A. Teodoro (Ed.), Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance. Risks, Limitations, and Humanistics Alternatives (pp. 170-179). Routledge Research on Education Policy & Politics. https://www.routledge.com/Critical-Perspectives-on-PISA-as-a-Means-of-Global-Governance-Risks-Limitations/Teodoro/p/book/9781032185774 ).
    • Sá, C., Tavares, O. & Sin, C. (2022). Who is left out? Inequalities in higher education admissions and placements in Portugal. In O. Tavares, C. Sá, C. Sin & A. Amaral (Eds.) Equity Policies in Global Higher Education. Reducing Inequality and Increasing Participation and Attainment, pp. 171-193. Palgrave/Springer Nature. https://doi.org/10.1007/978-3-030-69691-7_8
    • Simon, S. (2022). The ‘covid-trigger’: New Light on urban agriculture and systemic approach to urbanism to co-create a sustainable Lisbon. Systemic Practice and Action Research, 36(1), 87–109. https://doi.org/10.1007/s11213-022-09598-9
    • Sin, C., Tavares, O., Aguiar, J., & Amaral, A. (2022). More students and more diverse: new trends in international mobility to Portugal. Tertiary Education and Management, 28(2), 135–153. https://doi.org/10.1007/s11233-022-09090-y
    • Sin, C., Tavares, O., Aguiar, J., Biscaia, R., & Amaral, A. (2022). International students in Portuguese higher education: who are they and what are their choices? Studies in Higher Education, 47(7), 1488–1501. https://doi.org/10.1080/03075079.2021.1916907
    • Tavares, O., Sin, C. & Sá, C. (2022). Conclusion: Learning from the past to shape future policies towards equity in higher education. In O. Tavares, C. Sá, C. Sin & A. Amaral (Eds.) Equity Policies in Global Higher Education. Reducing Inequality and Increasing Participation and Attainment (pp. 221-238). Palgrave/Springer Nature. https://doi.org/10.1007/978-3-030-69691-7_10
    • Tavares, O. Sá, C. Sin, C. and Amaral, A. (Eds.) (2022). Equity Policies in Global Higher Education: Reducing Inequality and Increasing Participation and Attainment. Springer/Palgrave MacMillan. https://doi.org/10.1007/978-3-030-69691-7
    • Tavares, O., & Sin, C. (2022). Institutional accreditation across Europe: Do assessment criteria mirror higher education’s missions? In EDULEARN22 Proceedings 2022 (pp. 8776-8780). IATED. doi: 10.21125/edulearn.2022.2100
    • Tavares, O., Sin, C., Sá, C., Bugla, S., & Amaral, A. (2022). Inbreeding and research collaborations in Portuguese higher education. Higher Education Quarterly, 76(1), 102–115. https://doi.org/10.1111/hequ.12301
    • Teodoro, A. (2022). Conclusion. Limitations and risks of an OECD global governance project. Em A. Teodoro (Ed.), Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance. Risks, Limitations, and Humanistic Alternatives (pp. 180–197). Routledge. ISBN 9781003255215
    • Teodoro, A. (2022b). Introduction. In A. Teodoro (Ed.), Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance. Risks, Limitations, and Humanistic Alternatives (pp. 1–10). Routledge. ISBN 9781003255215
    • Teodoro, A. (2022). O PISA e as limitações e riscos de um programa de governação global da OCDE. Revista Lusófona de Educação 56(56), 45–64. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle56.04
    • Teodoro, V., Rosa, V., Sampaio Maia, J., & Mascarenhas, D. (2022). Testing PISA tests: a study about how secondary and college students answer PISA items in mathematics and science. In A. Teodoro (Ed.), Critical Perspectives on PISA as a Means of Global Governance. Risks, Limitations, and Humanistics Alternatives (pp. 104–125). ISBN 9781003255215 https://www.routledge.com/Critical-Perspectives-on-PISA-as-a-Means-of-Global-Governance-Risks-Limitations/Teodoro/p/book/9781032185774 )

    2021

    • Brás, J. G. V. (2021). For an epistemic decolonisation of education from the ubuntu philosophy. Pedagogy Culture and Society 32(1), 61-76. https://doi.org/10.1080/14681366.2021.2011386
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2021). Co-creative epiphany of citizenship and health in the 1820 Liberal Revolution in Portugal. Paedagogica Historica, 59 ,n.5, 723-742 https://doi.org/10.1080/00309230.2021.1965631
    • Cardoso, S., Santos, S., Diogo, S., Soares, D., & Carvalho, T. (2022). The transformation of doctoral education: a systematic literature review. Higher Education, 84(4), 885–908. https://doi.org/10.1007/s10734-021-00805-5
    • Carita, A., & Teodoro, V. D. (2021). A indisciplina escolar na imprensa: O jornal Público entre 2011 e 2015. Education policy analysis archives(29), (August - December), 174. https://doi.org/10.14507/epaa.29.4586
    • Carvalho, T., Cardoso, S., Diogo, S., Sin, C., & Videira, P. (2021). Institutional policies to attract international academics in Portugal in an adverse context. In The Changing Academy – The Changing Academic Profession in International Comparative Perspective (pp. 153–169). Springer Singapore. https://doi.org/10.1007/978-981-33-4980-3_10
    • Carvalho, T., Cardoso, S., Marques, J. (2021) Who is who? Publication profiles of Portuguese academics. In EDULEARN21 Proceedings. 13th International Conference on Education and New Learning Technologies – EDULEARN, (pp. 2980-2989), Online Conference. doi: 10.21125/edulearn.2021.0635
    • Cavadas, B. (2021). Plate tectonics in Portuguese and Spanish science textbooks: from the 1960s to the 1980s. Earth Sciences History: Journal of the History of the Earth Sciences Society, 40(2), 538–565. https://doi.org/10.17704/1944-6187-40.2.538
    • Cavadas, B., & Aboim, S. (2021). Using PhET™ interactive simulation plate tectonics for initial teacher education. Geoscience Communication, 4(1), 43–56. https://doi.org/10.5194/gc-4-43-2021
    • Craveiro, C., Pinheiro, A., Medeiros, P., & Silva, B. (2022). Retratos da planificação educativa em escolinhas comunitárias de Moçambique. Revista Lusófona de Educação, 54, 103–118. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle54.07
    • Cunha, C., & Dantas, L. (2021). Que educação para quais futuros? Entrecruzamento de olhares a partir da casa global. Revista Lusófona de Educação, 52, 51–70. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle52.04v
    • Galego, C., Dantas, L., Koppe, B., Brás, J., & Almeida, E. (2021). Promoting skills through mother language teaching: A comparative curricular analysis of skills development models in secondary school in six countries. In EDULEARN21 Proceedings. 13th International Conference on Education and New Learning Technologies – EDULEARN doi: 10.21125/edulearn.2021.2519
    • Gonçalves, M. N., & Brás, J. V. (2021). Recensão crítica da obra Construire la paix par l’éducation: réseaux et mouvements internationaux au xxe siècle. Genève au cœur d’une utopie. Revista Lusófona de Educação, 53, 195–197. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle53.11
    • Kuschmierz, P., Beniermann, A., Bergmann, A., Pinxten, R., Aivelo, T., Berniak-Woźny, J., Bohlin, G., Bugallo-Rodriguez, A., Cardia, P., Cavadas, B. F. B. P., Cebesoy, U. B., Cvetković, D. D., Demarsy, E., Đorđević, M. S., Drobniak, S. M., Dubchak, L., Dvořáková, R. M., Fančovičová, J., Fortin, C., … Graf, D. (2021). European first-year university students accept evolution but lack substantial knowledge about it: a standardized European cross-country assessment. Evolution, 14(1), 1–22. https://doi.org/10.1186/s12052-021-00158-8
    • Lopo, T. T. (2021). The political decision on Portugal’s entry into PISA: A research note. Policy Futures in Education, 19(6), 723–729. https://doi.org/10.1177/1478210320971537
    • Luz, F., Fonseca, M. M., & Franco, D. (2022). Impactos do ensino remoto no ensino superior privado em Portugal: competências socioemocionais e digitais. Revista lusófona de educação, 54, 49–64. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle54.03
    • Martins, E. C. (2021). A Pedagogia do Encontro como uma pedagogia de baixa densidade: contextos (sócio) educativos e relacionais. Revista Lusófona de Educação, 52, 13–27. doi: 10.24140
    • Primo, J., Baptista, J., & Boita, T. (2021). Editorial. Cadernos De Sociomuseologia, 61(17), 1-4. https://doi.org/10.36572/csm.2021.vol.61.11
    • Sanches, I. (2022). A Política nacional de educação especial para a inclusão escolar em Angola: perceções dos implicados no processo. Revista lusófona de educação, 54, 119–135. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle54.08
    • Sanches, I., & Jacinto, M. (2021). O Educador Social no século XXI: perceções dos recém-licenciados de uma Universidade privada portuguesa. Revista Lusófona de Educação, 51, 75–90. doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle51.05
    • Sá-Pinto, X., Realdon, G., Torkar, G., Sousa, B., Georgiou, M., Jeffries, A., Korfiatis, K., Paolucci, S., Pessoa, P., Rocha, J., Stasinakis, P. K., Cavadas, B., Crottini, A., Gnidovec, T., Nogueira, T., Papadopoulou, P., Piccoli, C., Barstad, J., Dufour, H. D., … Mavrikaki, E. (2021). Development and validation of a framework for the assessment of school curricula on the presence of evolutionary concepts (FACE). Evolution, 14(1). https://doi.org/10.1186/s12052-021-00142-2
    • Simao, M., Biléssimo, A., & Pamio Luiz, N. (2021). The place of intangible cultural heritage in educational processes. The international journal of the inclusive museum, 15(1), 135–143. https://doi.org/10.18848/1835-2014/cgp/v15i01/135-143
    • Sin, C., Antonowicz, D., & Wiers-Jenssen, J. (2021). Attracting international students to semi-peripheral countries: A comparative study of Norway, Poland and Portugal. Higher Education Policy, 34(1), 297–320. https://doi.org/10.1057/s41307-019-00135-3
    • Sin, C., Soares, D., & Tavares, O. (2021). Coursework in industrial doctorates: a worthwhile contribution to students’ training? Higher Education Research & Development, 40(6), 1298–1312. https://doi.org/10.1080/07294360.2020.1807918
    • Smaniotto Costa, C., Menezes, M., Ivanova-Radovanova, P., Ruchinskaya, T., Lalenis, K., & Bocci, M. (2021). Planning perspectives and approaches for activating Underground Built Heritage. Sustainability, 13(18), 10349. https://doi.org/10.3390/su131810349
    • Teodoro, A., & Lopo, T. T. (2021). The OECD again: legitimization of a new vocationalism in the educational policies in Portugal (1979–1993). Paedagogica Historica, 1–14. https://doi.org/10.1080/00309230.2021.1941143
    • Thomas Dotta, L. T., & Lopes, A. (2021). O ciclo de vida dos professores e a extensão da idade da reforma: Perspetivas de estudo a partir de uma revisão de literatura. Revista portuguesa de educação, 34(2), 86–106. https://doi.org/10.21814/rpe.18926

    2020

    • Agonács, N., Matos, J. F., Bartalesi-Graf, D., & O’Steen, D. N. (2020). Are you ready? Self-determined learning readiness of language MOOC learners. Education and Information Technologies, 25(2), 1161–1179. https://doi.org/10.1007/s10639-019-10017-1
    • Cardoso, S., Rosa, M. J., & Miguéis, V. (2020). Quality assurance of doctoral education: Current trends and future developments. Em Structural and Institutional Transformations in Doctoral Education (pp. 105–139). Springer International Publishing. https://doi.org/10.1007/978-3-030-38046-5_5
    • Carvalho, T., & Cardoso, S. (2020). Conclusion: The transformations in doctoral education: a comprehensive and critical approach. Em S. Cardoso, O. Tavares, C. Sin, & T. Carvalho (Eds.), Structural and Institutional Transformations in Doctoral Education: Social, Political and Student Expectations (pp. 374–389). Palgrave Macmillan.https://doi.org/10.1007/978-3-030-38046-5_5
    • Dantas, L. (2020). Impacts of artificial intelligence on education: A critical analysis. INTED Proceedings. 10.21125/inted.2020.2310
    • Dantas, L., Estrela, E., Calvet R., M., Gonçalves, M., Sousa, Ó., Franco, D., Brás, J., & Koppe, B. (2020). How can new technologies and artificial intelligence collaborate with education? Knowledge and recommendations from Eu students and teachers. ICERI Proceedings.
    • Dantas, L., Sousa, Ó., Gonçalves, M., Calvet Ricardo, M., Franco, D., Brás, J., Estrela, E., & Koppe, B. (2020). When technology meets pedagogy. An Erasmus+ project proposal to create an interdisciplinary higher education model. ICERI Proceedings. 10.21125/iceri.2020.1816
    • Dotta, L. T., Leite, C., & Lopes, A. (2021). Entering higher education after 30: What can be learned from biographical narratives of non-traditional students. Studia paedagogica, 25(4), 115. https://doi.org/10.5817/SP2020-4-6
    • Freires, T., Santos, S., Cardoso, S. (2020). Doctoral Education in Portugal: Mapping the Landscape. ICERI 2020 Proceedings (pp. 3238-3246). 13th annual International Conference of Education, Research and Innovation – ICERI, 9 & 10 November 2020. IATED Academy. https://doi.org/10.21125/iceri.2020.0739
    • Freitas, A. P., & F. Nogueira, P. (2020). Controversies of expressive arts education in Portugal: Insights from policies and practices. Knowledge Cultures, 8(1), 77. https://doi.org/10.22381/kc8120206
    • Freitas, A., Pereira, F., & Nogueira, P. (2020). Reconceptualizing expressive arts education in Portugal through a biographical narrative approach. Education Sciences, 10(12), 388. https://doi.org/10.3390/educsci10120388
    • Gonçalves, M. N., & Brás, J. V. (2020). As (re)configurações da educação: a dimensão socioeducativa. Revista Lusófona de Educação, 48, 43–57. https://doi.org/10.24140/ issn.1645-7250.rle48.03
    • Gonçalves, Maria Neves, Brás, J., & Dantas, L. (2021). Recensão crítica da obra La educación social en los extremos: justicia social y paradojas de la práctica. Revista Lusófona de Educação, 50, 179–183. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle50.12
    • Martins, A. de O., Coimbra, M. N., Sa, S. O., & Oliveira, J. A. (2020). A Marca (In)Visível do Género na Família: Perceções de Jovens Estudantes. Fronteiras Journal of Social Technological and Environmental Science, 9(3), 341–354. https://doi.org/10.21664/2238-8869.2020v9i3.p341-354
    • Martins, E. C. (2021). Os espaços socioeducativos da escola e a reconfiguração da pedagogia (educação) social na intervenção escolar. Revista Lusófona de Educação, 49, 41–55. https://doi.org/10.24140/issn.1645-7250.rle49.03
    • Monteiro, A., Mouraz, A., & Thomas Dotta, L. (2020). Veteran teachers and digital technologies: myths, beliefs and professional development. Teachers and Teaching, 26(7–8), 577–587. https://doi.org/10.1080/13540602.2021.1900809
    • Piedade, J., Dorotea, N., Pedro, A., & Matos, J. F. (2020). On teaching programming fundamentals and computational thinking with educational robotics: A didactic experience with pre-service teachers. Education Sciences, 10(9), 214. https://doi.org/10.3390/educsci10090214
    • Pinto da Costa, E. & Sá, S. (2020). Conflict Mediation at School: Literature Review with webQDA®. In J. Kacprzyk (Ed.) Advances in Intelligent Systems and Computing Volume 1068, 4th World Conference on Qualitative Research, WCQR 2019 (pp. 114-123), Porto, https://doi.org/10.1007/978-3-030-31787-4_9
    • Prates, U., & Matos, J. F. (2020). A Educação Matemática e a Educação a Distância: uma revisão sistemática da literatura. Bolema Boletim de Educação Matemática, 34(67), 522–543. https://doi.org/10.1590/1980-4415v34n67a09
    • Rosa, V. A., Maia, J. S., Mascarenhas, D., & Teodoro, A. (2020). PISA, TIMSS e PIRLS em Portugal: Uma análise comparativa: PISA, TIMSS and PIRLS in Portugal: A comparative analysis. Revista portuguesa de educação, 33(1), 94–120. https://doi.org/10.21814/rpe.18380
    • Cardoso, S., Tavares, O., Sin, C. and Carvalho, T. (Eds.) (2020). Structural and Institutional Transformations in Doctoral Education: Social, Political and Student Expectations. Issues in Higher Education. Palgrave Macmillan. https://doi.org/10.1007/978-3-030-38046-5
    • Smaniotto C., C., Batista, J. S., Almeida, I., & Menezes, M. (2020). Exploring teenagers’ spatial practices and needs in light of new communication technologies. Cities (London, England), 98(102574), 102574. https://doi.org/10.1016/j.cities.2019.102574
    • Tavares, O., Sin, C., & Soares, D. (2020). Building bridges between industry and academia: What is the profile of an industrial doctorate student? In.: Structural and Institutional Transformations in Doctoral Education (pp. 347–373). Springer International Publishing. https://doi.org/10.1007/978-3-030-38046-5_12
    • Tavares, O., Soares, D., & Sin, C. (2020). Industry–university collaboration in industrial doctorates: A trouble-free marriage?. Industry and Higher Education, 34(5), 312–320. https://doi.org/10.1177/0950422219900155

    2019

    • Agonács, N., & Matos, J. F. (2019). Heutagogy and self-determined learning: a review of the published literature on the application and implementation of the theory. Open Learning The Journal of Open Distance and E-Learning, 34(3), 223–240. https://doi.org/10.1080/02680513.2018.1562329
    • Agonács, N., & Matos, J. F. (2019). Understanding language MOOC learners: The issue of capability development. International Journal of Emerging Technologies in Learning (iJET), 14(11), 123. https://doi.org/10.3991/ijet.v14i11.10205
    • Agonacs, N., Matos, JF.., Bartalesi-Graf, D. & O’Steen, D.N. (2019). On the path to self-determined learning: a mixed methods study of learners’ attributes and strategies to learn in language MOOCs. International Journal of Learning Technology, 14(4), 304. https://doi.org/10.1504/ijlt.2019.106553
    • Alho, J., Silva, H., Teodoro, V., & Bonfait, G. (2019). A simple pendulum studied with a low-cost wireless acquisition board. Physics education, 54(1), 015015. https://doi.org/10.1088/1361-6552/aaea9d
    • António, A. S., & Teodoro, A. (2019). Critical Discourse Analysis: Between Educational Sciences and journalism. Fronteiras Journal of Social Technological and Environmental Science, 8(1), 18–35. https://doi.org/10.21664/2238-8869.2019v8i1.p18-35
    • Artopoulos, G., & Costa, C. S. (2019). Data-driven processes in participatory urbanism: The “smartness” of historical cities. Architecture and Culture, 7(3), 473–491. https://doi.org/10.1080/20507828.2019.1631061
    • Cardoso, S., Carvalho, T., & Videira, P. (2019). Is it still worth working in academia? The views from Portuguese academics. Higher Education Policy, 32(4), 663–679. https://doi.org/10.1057/s41307-018-0123-7
    • Cardoso, S., Rosa, M. J., Videira, P., & Amaral, A. (2019). Internal quality assurance: A new culture or added bureaucracy? Assessment and Evaluation in Higher Education, 44(2), 249–262. https://doi.org/10.1080/02602938.2018.1494818
    • Cardoso, S., Tavares, O., & Sin, C. (2019). Can you judge a book by its cover? Industrial doctorates in Portugal. Higher Education Skills and Work-Based Learning, 9(3), 279–289. https://doi.org/10.1108/heswbl-05-2018-0056
    • Cardoso, S., Tavares, O., & Sin, C. (2019). Reinventing doctoral education through university-industry collaboration: The case of industrial doctorates in Portugal. INTED2019 Proceedings. 10.21125/inted.2019.0304
    • Cavadas, B. (2019). From the contracting earth to continental drift: Wegener’s influence on Portuguese and Spanish science textbooks through the twentieth century. Earth Sciences History: Journal of the History of the Earth Sciences Society, 38(1), 74–93. https://doi.org/10.17704/1944-6178-38.1.74
    • Duarte, J., & Robert Nogueira, J. (2019). From the hidden protest of students towards problem-based learning. Education Sciences, 9(3), 215. https://doi.org/10.3390/educsci9030215
    • Freitas, A. (2019). Engaging in narrative inquiries with children and youth, by jean clandinin, Vera Caine, Sean Lessard and Janice Huber. Qualitative research in education, 8(3), 378. https://doi.org/10.17583/qre.2019.4813
    • Linhares, E., Cavadas, B., Guimarães, C., Maurício, D., Rosário, D., Alves, I., Dias, M., Santos, M. P., Mota, M. L., José, M., & Santos, N. (2019). O38 A research about food habits done by higher education students with special educative needs. European Journal of Public Health, 29(Supplement_2). https://doi.org/10.1093/eurpub/ckz096.014
    • Lino, D., Friães, R., Parente, C., Vieira, F., Craveiro, C., & Silva, B. (2019a). Practical learning and professional development of preschool teachers: The role of practicum. ICERI Proceedings. doi: 10.21125/iceri.2019.1424
    • Lino, D., Friães, R., Parente, C., Vieira, F., Craveiro, C., & Silva, B. (2019b). The supervision process at pre-service early childhood teacher education. ICERI Proceedings. doi: 10.21125/iceri.2019.2100
    • Manatos, M. J., Cardoso, S., Carvalho, T., & Rosa, M. J. (2019). Internal quality assurance: A political process challenging academics’ professionalism? Em P. Teixeira, A. Veiga, M. J. Rosa, & A. Magalhães (Eds.), Under pressure? Higher education institutions coping with multiple challenges. Brill Sense. DOI: https://doi.org/10.1163/9789004398481_010
    • Martins, A. M. O., Coimbra, M. de N., Oliveira, J. A., & Maturano, A. S. (2019). Metodologias ativas para a inovação e qualidade do ensino e aprendizagem no ensino superior. Revista EDaPECI, 19(3), 122–132. https://doi.org/10.29276/redapeci.2019.19.312147.122-132
    • Matos, J., Pedro, A., & Piedade, J. (2019). Integrating digital technology in the school curriculum. International Journal of Emerging Technologies in Learning (iJET), 14(21), 4. https://doi.org/10.3991/ijet.v14i21.10863
    • Miguéis, V., Cardoso, S., Rosa, M. J., & Sarsfield Cabral, J. (2019). Quality assurance of doctoral education in Portugal: A retrospective of the first accreditation cycle. EDULEARN Proceedings.doi: 10.21125/edulearn.2019.2007
    • Moutinho, M. (2019). Por uma arquitetura ao serviço da museologia contemporânea. Cadernos de sociomuseologia. https://doi.org/10.36572/csm.2019.vol.57.05
    • Nogueira, J., Alves, R., & Marques, P. (2019). Computational programming as a tool in the teaching of Electromagnetism in engineering courses: Improving the notion of field. Education Sciences, 9(1), 64. https://doi.org/10.3390/educsci9010064
    • Pedro, A., & Piedade, J. (2019). Redesigning initial teacher’s education practices with learning scenarios. International Journal of Information and Learning Technology, 36(3), 266–283. https://doi.org/10.1108/ijilt-11-2018-0131
    • Pedro, A., Piedade, J., & Matos, J. F. (2019). Cenários de Aprendizagem na Formação Inicial de Professores. Revista Lusófona de Educação, 45, 223–238. doi: 10.24140/issn.1645-7250.rle45.15
    • Pedro, A., Piedade, J., Matos, J. F., Pedro, N., Agonács, N., & Matos, J. F. (2019). Redesigning initial teacher’s education practices with learning scenarios. International Journal of Emerging Technologies in Learning (iJET), 36(3), 123–137. https://doi.org/10.1108/IJILT-11-2018-0131
    • Primo, J. (2019). Os Desafios Contemporâneos na Investigação em Sociomuseologia. Cadernos De Sociomuseologia, 58(14), 3-17. https://doi.org/10.36572/csm.2019.vol.58.01
    • Rosa, M. J., Cardoso, S., & Videira, P. (2020). Is accreditation ‘on the right track’? The views of Portuguese academics. Tertiary Education and Management, 26(2), 185–197. https://doi.org/10.1007/s11233-019-09048-7
    • Sanches, I. R., & Da Silva, P. B. (2019). A inclusão de estudantes surdos no ensino superior brasileiro: O caso de um curso de Pedagogia: The inclusion of deaf students in higher education in Brazil: The case of a Pedagogy course. Revista portuguesa de educação, 32(1), 155–172. https://doi.org/10.21814/rpe.14955
    • Sin, C., Tavares, O., & Amaral, A. (2019). Accepting employability as a purpose of higher education? Academics’ perceptions and practices. Studies in Higher Education, 44(6), 920–931. https://doi.org/10.1080/03075079.2017.1402174
    • Sin, C., Tavares, O., & Cardoso, S. (2019). Portuguese institutions’ strategies and challenges to attract international students: external makeover or internal transformation? Journal of International Students, 9(4), 1095–1114. https://doi.org/10.32674/jis.v9i4.185
    • Sin, Cristina, Tavares, O., & Soares, D. (2019). The internationalisation of doctoral research in Portugal 1970-2016. EDULEARN Proceedings. doi: 10.21125/edulearn.2019.1313
    • Tavares, O., Sin, C., Cardoso, S., & Soares, D. (2019). Are industrial doctorates capable of overcoming skills mismatch? EDULEARN Proceedings. doi: 10.21125/edulearn.2019.0805
    • Tavares, O., Sin, C., & Lança, V. (2019). Inbreeding and research productivity among sociology PhD holders in Portugal. Minerva, 57(3), 373–390. https://doi.org/10.1007/s11024-019-09378-1
    • Teodoro, A. (2020). The end of isolationism: examining the OECD influence in Portuguese education policies, 1955–1974. Paedagogica Historica, 56(4), 535–547. https://doi.org/10.1080/00309230.2019.1606022
    • Thomas Dotta, L., Lopes, A., & Leite, C. (2019). O movimento do acesso ao ensino superior em Portugal de 1960 a 2017: Uma análise ecológica. Education policy analysis archives, 27, 146. https://doi.org/10.14507/epaa.27.4195
  • Artigo em Revista (com revisão de pares)

    2019

    • Artopoulos, G., & Smaniotto Costa, C. (2019). Data-Driven Processes in Participatory Urbanism: The “Smartness” of Historical Cities. Architecture and Culture, 1–19. Disponível aqui.
    • Barbosa, C, & Neves, I. (2019) Preocupações e expetativas dos pais de crianças com NEE de um contexto educativo em Portugal. Revista Liberato, 20(34), 119-132. DOI: 10.31514/rliberato.2019v20n34.p119
    • Bocci, M., Smaniotto C., Carlos & Marcheggiani, E. (2019). CyberParks – Paesaggio e Nuove Tecnologie. Topscape, 37: 49-52. http://cyberparks-project.eu/publications
    • Branco, N., Cavadas, B., & Linhares, E. (2019). Explorar matemática através das pegadas de animais. Educação e Matemática, 154, 35-40.
    • Carneiro, I, Neves, I. & Trevisan, G. (2019). O contexto sociocultural dos alunos e as práticas pedagógicas do professor do 1ºe 2º ciclo do Ensino Básico em Portugal. Revista Liberato, 20 (33), 7-16. DOI: 10.31514/rliberato.2019v20n33.p07
    • Carvalho, R. A. ; Jezine, E. (2019). Expansão do acesso à educação superior em um debate interseccional de gênero e classe. Nuances, v. 30 (1), 1-18.
    • Cavadas, B. (2019). From the contracting earth to continental drift: Wegener’s influence on Portuguese and Spanish science textbooks through the twentieth century. Earth Sciences History, 38(1), 74-93. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., & Correia, M. (2019). Teachers’ Conceptions about Innovative Learning Environments. Proceeding of 2019 International Symposium on Computers in Education (SIIE), 1-6. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., & Linhares, E. (2019). Uma investigação sobre hábitos alimentares com a colaboração de estudantes do ensino superior com necessidades educativas. Interacções, 15(50), 55-179. Disponível aqui
    • Cavadas, B., & Mestrinho, N. (2019). Rede Curricular Interdisciplinar: uma proposta para a integração entre a matemática e as ciências. Educação e Matemática, 154, 2-8.
    • Cavadas, B., Correia, M., Mestrinho, N., & Santos, R. (2019). CreativeLab_Sci&Math | Work Dynamics and Pedagogical Integration in Science and Mathematics. Interacções, 15(50), 6-22. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., Linhares, E., Martins, M. C., Correia, M., Mestrinho. N., Branco, N., Santos, R. & Colaço, S. (2019). Editorial. Inovação no Ensino da Matemática e das Ciências. Interacções, 15(50), 1-5. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., & Linhares, E. (2019). Uma investigação sobre hábitos alimentares com a colaboração de estudantes do ensino superior com necessidades educativas. Interacções, 15(50), 55-179. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., Correia, M., Mestrinho, N., & Santos, R. (2019). CreativeLab_Sci&Math | Work Dynamics and Pedagogical Integration in Science and Mathematics. Interacções, 15(50), 6-22. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., Linhares, E., Martins, M. C., Correia, M., Mestrinho. N., Branco, N., Santos, R. & Colaço, S. (2019). Editorial. Inovação no Ensino da Matemática e das Ciências. Interacções, 15(50), 1-5. Disponível aqui.
    • Correia, M., & Cavadas, B. (2019). As implicações dos ambientes educativos inovadores para as práticas dos professores. Revista de Investigación Educativa Universitaria, 2 (3), 143-159. Disponível aqui.
    • Correia, S.V. (2019). Durkheim e a Relação Estado-Família. Que Traços encontramos nas Políticas Sociais de Hoje? ResPublica: Revista Lusófona de Ciência Política e Relações Internacionais. (no prelo).
    • Costa, J., Souza, L. & Lamar, M. (2019). O nível de aceitação tecnológica com a implantação dos sistemas integrados de gestáo de atividades acadêmicas na educação à distância: estudo no Curso de Ciências Contábeis da UFMA. Brazilian Journal of Development, 5(12). 30657 – 30672. Disponível aqui.
    • Costa, E. P. (2019). A Escola como Entidade Promotora de Melhoria da Convivência, através da Mediação de Conflitos, no contexto das Ciências da Educação. Dialogia, 32, 81-92. DOI aqui.
    • Estrela, E. & Ricardo, M. M. (em avaliação). Inovação e Mudança: reflexões sobre o processo de autonomia e flexibilização curricular nas escolas portuguesas. Educação, Sociedade e Culturas
    • Gemaque, L., Souza, L. & Silva, R. (2019). A utilização de sistemas informatizados para o ensino da contabilidade: uma análise nas Universidades em São Luís. Brazilian Journal of Development, 5 (12). 31237 – 31250. Disponível aqui.
    • Homem Junior, L. T. (2019). Técnicas expressivas e a clínica junguiana. Revista Saberes e Questões, 1(1). Disponível aqui.
    • Illanes, R. y Lucio-Villegas, E. (2019). El significado psicológico de participación para la juventud en el movimiento asociativo de prevención de drogodependencias. LaPlage em Revista. 5(2), 75-85.
    • Jezine, E.; Santos, J. B. (2019). A dinâmica do acesso à educação superior brasileira: do público ao privado. Jornal de Políticas Educacionais, 13, 25-42
    • Linhares, E., Cavadas, B., Guimarães, C., Maurício, D., Rosário, D., Alves, I., Dias, M., Santos, M. P., Mota, M. L., José, M., Santos, N. (2019). A research about food habits done by higher education students with special educative needs. European Journal of Public Health, 29, Issue Supplement_2. Disponível aqui.
    • Linhares, E., Mestrinho, N., Branco, N., Santos, R., Cavadas, B., Martins, M. C., & Correia, M. (2019). CreativeLab_Sci&Math: Open educational resources in teacher education. Journal of the Comenius Association, 28, 23-25. Disponível aqui.
    • Lucio-Villegas, E. (2019). Too many evenings. Learning democracy from a participatory budget process. Andragoska Spoznanja. 25 (3), 93-106.
    • Martins, E. C. (2019). A perceção da morte por idosos institucionalizados: Estudo fenomenológico em dois lares residenciais portugueses. Serviço Social Revista, 21(2), 483-505 (ISSN 1679-4842). DOI: 10.5433/1679‐4842.2019v21n2p483
    • Martins, E. C. (2019). Análise aos contributos pedagógicos do padre Pedro Mª Aguilar ao ensino dos surdos-mudos em Portugal (sé. XIX). Educação em Foco, 22(38), 180-202
    • Martins, E. C. (2019). O escolanovista Faria de Vasconcelos e a educação das crianças anormais: Ação (psico)pedagógica no instituto de Reeducação Mental e Pedagógico (1929-1931). Travessias, 13(3), 152-172.
    • Martins, E. C. (2019). O ideário científico-pedagógico do escolanovista Faria de Vasconcelos (1880-1939) em prol duma escola nova, inovadora e atual. EccoS Revista Científica, 48, 363-383.
    • Martins, E. C.; Duarte, U. (2019). Integração escolar dos alunos cabo-verdianos no 1.º ciclo ensino básico português – Estudo de Caso. Revista Intersaberes, 14(32), 334-348. Disponível aqui.
    • Matos, F., Gonçalves, M., & Brás, J. (2019). Education in Human Rights: Conceptions and Educational Practices. Education Journal (VIII), 1, 1-10.
    • Patatas, T. A. (2019). Perceção Estudantil sobre o Insucesso Académico em Países de Língua Oficial Portuguesa: Caso de Angola e Moçambique. Revista FORGES, 5(1), 31-49. Disponível aqui neste .PDF – clique aqui para download.
    • Pinto da Costa, E. (2019). A escola como entidade promotora de melhoria da convivência, através da mediação de conflitos, no contexto das ciências da educação. Dialogia, 32, 81-92. DOI aqui.
    • Pinto da Costa, E.; Ribeiro, P. & Teles, R. (2019). Cultura(s) de Convivência Juvenil potenciada(s) pela Mediação. Revista Psicologia, Educação e Cultura, 23 (1), 171-185. Vila Nova de Gaia: ISPGAYA. Disponível aqui.
    • Pinto, A., Silva, F. R., Delgado, P. & Diogo, F. (2019). Cursos Profissionais do Ensino Secundário: processos, impactos e desafios. Sensos-e ICRE’19, 7(1), 46-56. DOI aqui.
    • Rézio, S. (2019). Uma Caixa Enigmática – Ler, Interpretar e escrever contos com informação matemática. Educação e Matemática, 152, 33-34.
    • Rézio, S., Gouveia, B, Raposo, M. (2019). Uma Caixa Enigmática. Educação e Matemática, 152, 30-32.
    • Rosa, V. A., Maia, J. S., Mascarenhas, D. & Teodoro, A. (2020). PISA, TIMSS e PIRLS em Portugal: uma análise comparativa. Revista Portuguesa de Educação, 33(1), 94-120. Disponível aqui.
    • Rosa, V. (2019) (no prelo). As técnicas do corpo em Marcel Mauss e o campo desportivo. Revista Estudos de Sociologia. vol. 24, n.º 47, Brasil: UNESP – Universidade Federal Paulista “Júlio de Mesquita Filho”.
    • Sanches, I., & da Silva, P. (2019). A inclusão de estudantes surdos no ensino superior brasileiro: O caso de um curso de Pedagogia. Revista Portuguesa De Educação, 32(1), 155-172. Disponível aqui.
    • Santos, J. B.; Jezine, E. (2019). A educação do campo no campo da educação popular caminhos para efetivação de uma educação emancipadora. Revista de Educação Popular, 18 (3), 56-73.
    • Silva, M. J., Ferreira, E., Souza, A., Alves, A. R., Rito, P. & Gomes, C. A. (2019). Conceção e Desenvolvimento de uma Plataforma para a Participação das Crianças na Saúde Ambiental das suas Escolas. IE Comunicaciones: Revista Iberoamericana de Informática Educativa, 29, 42-53.
    • Serrão, J., Freitas, M. J., Caetano, A. P. Caetano., & Carvalho, F. (2019) (no prelo). Impactes da educação para a cidadania no ambiente escolar. Revista Avances en Ciencias de la Educación y Del Desarrollo.
    • Teodoro, A. (2019). A Sociologia da Educação em Portugal. Do conhecimento das realidades a discursos paralelos. Revista de Sociología de la Educación (RASE), 12 (3), 435-437. Disponível aqui.
    • Teodoro, A. (2019). The end of isolationism: examining the OECD influence in Portuguese education policies, 1955–1974, Paedagogica Historica, DOI: 10.1080/00309230.2019.1606022
    • Teodoro, A. (2019). A Sociologia da Educação em Portugal. Do conhecimento das realidades a discursos paralelos. Revista de Sociología de la Educación (RASE), 12 (3), 435-437. DOI aqui.

    2018

    • Teodoro, A. (2018/Publicado em Janeiro de 2020) Educação e poder: Como se escolhe um Ministro? Apontamentos para a História da Educação em Portugal (1955-1976). Investigar em Educação, 8, II série, 9-36. Disponível aqui.
    • Antunes, R., Silva, A., & Oliveira, J. (2018). Escala de Bem-estar Global: Análise das Suas Características Psicométricas. Revista Pesquisa em Saúde. Health Research Journal, 1 (1). DOI aqui.
    • Carneiro, I., Neves, I., & Trevisan, G. (2018) (no prelo). A relação entre o contexto sociocultural dos alunos e as práticas pedagógicas do professor do 1º e 2º ciclo do Ensino Básico. Revista Liberato.
    • Costa, M., Domingos, A., & Teodoro, V. (2018). Inovar e promover o ensino da Matemática com recurso à Astronomia. Revista Educação Em Questão, 26(3).
    • Estrela, E., & Ricardo, M. (2018) (no prelo). Inovação e Mudança: reflexões sobre o processo de autonomia e flexibilização curricular nas escolas portuguesas. Educação, Sociedade e Culturas.
    • Gonçalves, M., Brás, J., & Edilson, E. (2018). Higher education: linguistic competence under discussion, Journal of Education & Social Policy, 1 (V), 186-197.
    • Martins, E. (2018). Representação social da “Outra Infância” portuguesa (séculos XIX-XX): atendimento assistencial e (re)educativo. Revista de Educação PUC-Camp., Campinas, 23 (2), 251-272.
    • Martins, E. (2018). Relações dos espaços com o tempo e organização escolar: conversão dos espaços em patrimônio histórico-educativo e lugares de memória. Revista Temas em Educação, João Pessoa, Brasil, v. 27, n.º 2, 5-26.
    • Mestrinho, N., & Cavadas, B. (2018). Corrida no Jurássico. Rev. Ciência Elem., 6(1). Lisboa.
    • Mestrinho, N., & Cavadas, B. (2018). Práticas interdisciplinares em matemática e ciências naturais na formação inicial de professores. Educação e Matemática, 147, 33-37.
    • Neves, I., & Trindade, R. (2018). Um modelo de supervisão reflexivo: contribuição para o projeto de socialização profissional de estudantes de um mestrado em educação pré-escolar em Portugal. Liberato, 19 (32).
    • Primo, J., & Brayner, V. (2018). Nunca mais o Silêncio. Por uma política das memórias do feminino na resistência. Museologia & Interdisciplinaridade, 7(13), 155-173. DOI aqui.
    • Rézio, S. (2018). Matemática e alunos criadores de histórias. Revista Adolescência – Revista Júnior de Investigação, v.5 (2), 84-103.
    • Saavedra, R., Costa, E., & Ribeiro, J. (2018). Conocimiento y contextos Interculturales: enfoques Cualitativos. Revista Fórum Identidades. Itabaiana-SE, Universidade Federal de Sergipe, vol. 27, 201-212.
    • Serrão, J. (2018). Citizenship Education: Portuguese Teachers’ Social Representations. Global Commons Review, 142-144.
    • Serrão, J., Freitas, M., Caetano, A., & Carvalho, F. (2018) (no prelo). Impactes da educação para a cidadania no ambiente escolar. Revista Avances en Ciencias de la Educación y Del Desarrollo.
    • Silva, A. P. (2018). Simone M. Müller. Wiring the World: The Social and Cultural Creation of Global Telegraph Networks. HoST – Journal of History of Science and Technology, 12, 161-164. DOI aqui.
    • Smaniotto Costa, C. Artopoulos, G., & Djukic, A. (2018). Reframing digital practices in mediated public open spaces associated with cultural heritage. Revista de Comunicação e Linguagens, 48, 143-162.
    • Smaniotto Costa, C., Almeida, I., Batista, J., & Menezes, M. (2018). Envolver adolescentes no pensar a cidade: reflexão sobre oficinas temáticas de urbanismo no Bairro de Alvalade, Lisboa. Revista de Geografia e Ordenamento do Território (GOT), 15, 117-142.

    2017

    2016

    2015

    2014

    2013

  • Livro

    2020

    • Teodoro, A. (2020). Contesting the Global Development of Sustainable and Inclusive Education. Education Reform and the Challenges of Neoliberal Globalization. New York and London: Routledge. Disponível aqui.

    2019

    • Antunes, R., & Silva, A. (2019) (no prelo). Fundamentos para a Formação dos Educadores do Século XXI: Liderança pedagógica, bem-estar docente e inteligência espiritual. Vila Nova de Gaia: Fundação Manuel Leão.
    • Antunes, R.R. & Silva, A. P. (2019). Fundamentos para a formação dos educadores no século XXI: Liderança pedagógica, bem-estar docente e inteligência espiritual. Fundação Manuel Leão.
    • Costa, C. S., Šuklje Erjavec, I., Kenna, T., de Lange, M., Ioannidis, K., Maksymiuk, G., de Waal, M. (Orgs.). (2019). CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Cham.  DOI: 10.1007/978-3-030-13417-4. 
    • Figueira, E. (2019) (no prelo). Sociologia dos Territórios Locais. Seattle: USA. Amazon.
    • Gomes, R. P. & Silva, F. R. (2019). Economia. Módulos 1 a 4 (10.º ano) do Ensino Secundário Profissional. Porto Editora. 
    • Gomes, R. P. & Silva, F. R. (2019). Economia. Módulos 5 a 8 (11.º ano) do Ensino Secundário Profissional. Porto Editora.
    • Leitão, F., & Silva, M. (2019). Inclusão de Pessoas com Necessidades Educativas Especiais ESTUDOS. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Martins, E. C. (Org.). (2019). António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro. Edição Câmara Municipal de Castelo Branco /Várzea Rainha Impressores
    • Menezes, M., Costa, C. S. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Edições Universitárias Lusófona. Disponível aqui.
    • Moutinho, M. (2019). Sociomuseologia: Ensino e Investigação. 1993-2018. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Nogueira, I., Ramalho, R., Maia, J. S., & Mascarenhas, D. (2019). Métodos Fundamentais de Ensino – Matemática. Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti.
    • Paiva, F.C.J (Org.); Santana, R. S; Souza, B.I.P (2019). Diálogos de convergências: jornalismo entre plataformas digitais e dispositivos móveis. Faculdades Integradas de Patos.
    • Pinto da Costa, E. (2019). Mediação Escolar: da Teoria à Prática. Edições Académicas Lusófonas.
    • Silva, B., Craveiro, C., Pinheiro, A. & Sousa, J. (Eds.) (2019). Juntos pela Criança – Caderno de Orientação Pedagógica. ISBN 978-989-99984-5-2.
    • Silva, M. (2019). Gestão das Aprendizagens na Sala de Aula Inclusiva, 2ª edição. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Teodoro, A. (2020). Contesting the Global Development of Sustainable and Inclusive Education. Education Reform and the Challenges of Neoliberal Globalization. Routledge.

    2018

    • Martins, E. (2018). António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores.
    • Martins, E. (2018). As Infâncias na História Social da Educação: Fronteiras de interceções e relações. Lisboa: Caritas Editora.
    • Martins, J., & Gouveia, J. (2018). Educar, Presente e Futuro. Projeto Educativo Municipal de Paços de Ferreira. Paços de Ferreira: Câmara Municipal de Paços de Ferreira. 
    • Simão, M. (2018). Museu, Memória e Cultura Afro-Brasileira. Brasília: Ibram.

    2017

    • Ferreira, H., Moutinho, A., & Vicente, A. (2017). Unspoken dialogues (Catálogo da Exposição), 1ª ed., Lisboa: Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa.
    • Figueira, E. (2017). Desenvolvimento Local, Ruralidade e Regionalização. Problemáticas analisadas a partir das realidades Alentejanas. Seattle: Amazon.
    • Figueira, E. (2017). Local Development in Europe. Transnational Cooperation. Seattle: Amazon.
    • Figueira, E. (Translator). (2017). Team Management and Interpersonal Relations. Support Manual to Training Young People. Montoito: Aliende.
    • Figueira, E., & Coelho, J. (2017). Active Citizenship. Support Manual to Local Participation. Montoito: Aliende
    • Figueira, E., & Coelho, J. (2017). Seven Steps for Building Local Development. Montoito: Aliende
    • Mascarenhas, D., Maia, J. S., & Sola, T. (2017). Geometria e grandezas no 5º. ano: Dificuldades e estratégias. Berlim: Novas Edições Académicas.
    • Rézio, S. (2017). Dicionário Ilustrado de Matemática para o 2 e 3ºCiclos. Viseu: Edições Esgotadas
    • Rézio, S., Neves, C. (2017). Dicionário Ilustrado de Matemática para o 1ºCiclo. Viseu: Edições Esgotadas

    2016

    • Carvalho, L. & Leão, S. (2016). Bombeiros Voluntários de Alcobaça – 125 Anos de História e Memória. Alcobaça: B.V.A.
    • Moutinho, M. (2016). Contribution à l’histoire des Sámi. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Primo, J. (2016). A Museologia e as Politicas Culturais Europeias: o Caso Português. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Ricardo, M. M. C. (2016). Os Grupos de Estudo do Pessoal Docente do Ensino Secundário, 1969-1974. As raízes do sindicalismo docente. Lisboa: Edições Lusófonas.
    • Santos, A. A., Bomfim, A. M. A., Rocha, D.P., Warren, E. M. C., Santos, F. P., Teixeira, G. M. & Almeida, R. B. (2016). Selected Papers: ICELT- International Congress on Education Innovation and Learning Technologies. Granada-Espanha: Science KNOW Conferences. 
    • Silva, M. O. E. (2016). Formação de Professores para a Inclusão de Alunos com Necessidades Educativas Especiais – contributos de investigação. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas

    2015

    • Cavadas, B., & Marques, R. (2015). Guia de apoio à metodologia do ensino das ciências naturais e sociais. formação contínua. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/ República Democrática de São Tomé e Príncipe.
    • Cavadas, B., & Marques, R. (2015). Manual de metodologia do ensino das ciências naturais e sociais. Formação inicial Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian/República Democrática de São Tomé e Príncipe.
    • Gouveia, J. (2015). Ecossistemas de empreendedorismo – Brasil – China – Rússia: Estudo de benchmarking internacional. Vila Verde: Instituto Empresarial do Minho.
    • Lopes, G., & Sanches, I. (2015). A inclusão de pessoas com necessidades educativas especiais. Recife: Libertas.
    • Maia, J. S. (2015). Hanorin no aprende hamatuk. Ensinar e aprender juntos. Manual do aluno. Programa nacional de equivalência – Fase IV. Matemática. Díli: Ministério da Educação.
    • Maia, J. S. (2015). Hanorin no aprende hamatuk. Ensinar e aprender juntos. Manual do aluno. Programa nacional de equivalência – Fase V. Matemática. Díli: Ministério da Educação.
    • Maia, J. S. (2015). Hanorin no aprende hamatuk. Ensinar e aprender juntos. Manual do professor. Programa nacional de equivalência. – Nível II. Equivalência a 7º., 8º. e 9º. anos de escolaridade. Matemática. Díli: Ministério da Educação.
    • Martins, E. C. (2015). Infância marginalizada e delinquente na 1ª Republica (1910-1926). De Perdidos a protegidos e …educados. Coimbra: Palimage/Terra Ocre Editora. 

    2014

    • Mouraz, A., Martins, J., & Vale, A. (2014). Actividades de enriquecimento curricular: Qual o sentido da mudança? Porto: CIIE-FPCE/UP.  

    2013

    • Benavente, A., Peixoto, P. (2013). Escola em tempo de crise: problemas, desafios e perspectivas. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Duarte, R. S., Ricardo, M. M. C. & Silva, M. L. (2013). Percursos do associativismo e do sindicalismo docente em Portugal 1890-1990. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas 
    • Martins, E. C. (2013). Gerontologia & gerontagogia e animação sociocultural em idosos. Lisboa: Cáritas Editora.
    • Mimoso, A., & Cavadas, B. (2013). Os congressos pedagógicos do ensino secundário oficial (1927-1931). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Moutinho, M. (2013). Ricos e Pobres: Globalização ou Neoliberalismo?. Lisboa: Edições Colibri. 

    2011

    • Teodoro, A. (2011). A Educação em tempos de globalização neoliberal. Os novos modos de regulação das políticas educacionais [The Education in times of neoliberal globalization]Brasília: Liber Livro. Disponível aqui.
  • Edição de Livro

    2019

    • Cavadas, B., & Mestrinho, N. (Eds). (2019). Ensinar matemática numa perspetiva interdisciplinar. Educação e Matemática, 154. Disponível aqui.
    • Cavadas, B., Linhares, E., Martins, M. C., Correia, M., Mestrinho. N., Branco, N., Santos, R. & Colaço, S. (2019). Edição do número especial da revista Interações, 15(50). Disponível aqui.
    • Correia, S. & Calvet, M. (Eds). (2019). 8º Encontro de Investigadores. Investigação em Educação: percursos e processos contemporâneos-Estudos. CeiEd/ IE/ULHT
    • Correia, S.V; Calvet, M.; Serradas, R. (Eds). (2019). III Enjie-Encontro Nacional de Jovens Investigadores em Educação-Desigualdades sociais e educativas: que lugar na investigação?  CeiEd/ IE/ULHT.
    • Martins, E. C. (Ed.). (2019). António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores.
    • Menezes, Marluci & Smaniotto Costa, Carlos (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisbon: Edições Universitárias Lusófona. ISBN 978-989-757-077-3. www.ceied.ulusofona.pt/en/serie-culture-and-territory.
    • Menezes, M. & Smaniotto Costa, C. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisboa: Edições Universitárias Lusófona. 
    • Sanches, I. (2019) (Ed.) (no prelo). Educação Inclusiva: atitudes que transformam. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Smaniotto Costa, C., Šuklje Erjavec, I., Kenna, T., de Lange, M., Ioannidis, K., Maksymiuk, G., de Waal, M. (Eds.) (2019): CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Cham: Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380. 323 p. DOI: 10.1007/978-3-030-13417-4. ISBN 978-3-030-13416-7. Available at Disponível aqui.

    2018

    • Galego, C., Ricardo, M., & Teodoro, A. (Eds.) (2018). A Educação Comparada para além dos números: contextos locais, realidades nacionais e processos transnacionais. Lisboa: Edições Lusófonas.
    • Magalhães, M., Loureiro, L., Pinto da Costa, E., & Ribeiro, M. (Eds.) (2018). Constelações do Ativismo em rede: Livro de Atas do II Congresso Internacional de Net-Ativismo. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Teodoro, A. (Ed.) (2018). Beyond Mirrors: research pathways (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Teodoro, A. (Ed.) (2018). O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.

    2017

    • Galego, C., Ricardo, M. M. C. &, Teodoro, A. (Eds.) (2017). A Educação Comparada para além dos números: contextos locais, realidades nacionais e processos transnacionais. Lisboa: Edições Lusófonas. 
    • Martins, E. C. (Ed.) (2017). A ação (socio)educativa dos jesuítas e o Colégio de São Fiel (1863-1910). Lisboa Cáritas Editoras.
    • Primo, J., Ferreira, H., Vicente, A., Moutinho, A., & Flores, V. (Eds.) (2017). Unspoken Dialogues, ed. 1, ISBN: 978-989-8771-10-0. Lisboa, Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas. 

    2016

    2014

    2013

    • Beltran, J., & Teodoro, A. (Eds.). (2013). Educación Superior e inclusión social. Aproximaciones conceptuales y perspectivas internacionales. Buenos Aires: Mino y Dávila Editores.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (Eds.). (2013). O Corpo – Memória e identidade. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas. 
    • Giunti, A. & Silva, A. P. (Eds.). (2013). Economics and politics in submarine telegraph cables (XIXth and XXth centuries). A global perspective between history, heritage and preservation. Naples: Edizioni scientifiche italiane.
    • Moutinho, M. (Ed.). (2013). Baixa em tempo real – Lisboa: livro de referência. Lisboa: Centro de Estudos de Sociomuseologia.
    • Primo, J., & Assunção, P.  (Eds.). (2013). To Understand New Museology in the XXI Century. Sociomuseoloy 3. Lisboa: Edições Universitárias Lusófona. 
    • Primo, J., & Assunção, P. (Eds.). (2013). To Think Sociomuseologically. Somuseology 4. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas. 
    • Roca, Z. (Ed.). (2013). Second Home Tourism in Europe: Lifestyle Issues and Policy Responses. Farnham: Ashgate Publishers.
    • Sanches, I. (Ed.). (2013). Para uma Educação Inclusiva: dos conceitos às práticas. (Vol. 2). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas. 
    • Teodoro, A., Mendizábal, C. H., Lourenço, F., & Villegas, M. (Eds.). (2013). Interculturalidad y Educación Superior. Desafios de la diversidad para un cambio educativo. Buenos Aires: Biblos.
    • Teodoro, A., Mendizábal, C. H., Villegas, M. & Lourenço, F. (Eds.) (2013). Interculturalidad y Educación Superior. Desafios de la diversidad para un cambio educativo [Interculturality and Higher Education. Challenges of diversity for educational change]. Buenos Aires: Biblos. Disponível aqui.
  • Capítulo de Livro

    2019

    • Almeida, I. (2019). A study on the intergenerational appropriation of public spaces and the mediating role of ICT. In Menezes, M. & Costa, C. S. (Eds.), Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives (301-308). Edições Universitárias Lusófonas.
    • Brás, J., & Gonçalves, N. (2019). Escola nova como um novo jogo de relações de saber-poder. In Ernesto Martins (Eds.). António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Edição da Camara Municipal de Castelo Branco, pp. 359-373.
    • Carita, A., Cau, M., Mofate, O., & Duarte, R. (2019). Teacher Training in Mozambique. In: K. G. Karras – C.C. Wolhuter (Eds.). International Handbook of Teacher Education Worldwide – Revised and Augmented Edition. Nicosia: HM Studies and Publishing, pp. 511-531.
    • Cavadas, B., Durão, C., Mestrinho, N., & Laranginha, R. (2019). Predação jurássica. In M. de J. Fernandes, M. J. Martins & O. Martins, 175 milhões e 40 anos depois. Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. By the Book.
    • Costa, C. S., Erjavec, I. S. (2019). The Rationale of CyberParks and the Potential of Mediated Public Open Spaces. In Costa, C. S. et al. (Orgs.), CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, 3-13. Doi: 10.1007/978-3-030-13417-4_1
    • Costa, C. S., Menezes, M., Kenna, T., Alvaréz Franco, F. (2019). Towards a Framework for Understanding the Synergies between Public Spaces. In Đukić, A, Lazarević, E. V., Krstić-Furundžić, A., Vukmirović, M. (Eds.) Keeping Up with Technologies to Create the Cognitive City. Cambridge Scholars Publishing, 2-16. Disponível aqui.
    • Costa, M., & Sanches, I. (2019) (no prelo). As práticas do Docente de Educação Especial: um contributo para o seu estudo. Seminário Internacional “Educação Inclusiva – Atitudes que transformam”. Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
    • Craveiro, C., Silva, B, Friães, R., Lino, D., & Parente, C. (2019). The role of practicum for early childhood teacher education: the perspectives of student teachers. In 11th annual International Conference of Education, Research and Innovation, Proceedings of ICERI 2018, pp. 3352-3360. doi: 10.21125/iceri.2018.1746.
    • Estrela, E. (2019). A formação de professores num quadro de flexibilização curricular: contributos para um novo modelo de formação contínua. In: M. Alves & C. Lagartixa (Eds.). Formação Contínua de Professores: Impactes e Perspetivas. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Estrela, E. (2019). The two faces of the same coin. National and individual refraction in curriculum policies in Portugal. In M. Delgado, I. Goodson and G. McCulloch (Eds.). Transnational Perspectives on Curriculum History. London: Routledge.
    • Estrela, E., Costa, C. S. (2019). Reflections on territorial capacity – the interplay between education and understanding and acting in the urban fabric. In Menezes, M. & Costa, C. S. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lusófona University Press, (pp. 25-34).
    • Estrela, E. (2019). The two faces of the same coin. National and individual refraction in curriculum policies in Portugal. In M. Delgado, I. Goodson & G. McCulloch (Eds.). Transnational Perspectives on Curriculum History. London: Routledge.
    • Farias, S. S., & Martins, A. O. (2019). O Gender-Gap e a sua sub-representação e invisibilidade feminina em contexto escolar na área STEM (Science, Technology, Engineering and Mathematics). In Centro de Estudos Interdisciplinares em Educação e Desenvolvimento (CeiED) Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. (Eds.), Desigualdades sociais e educativas: que lugar na investigação? (731-739). Edições Universitárias Lusófonas.
    • Figueira, E. (2019). “Avaliação de Impacte da Formação Contínua de Formadores”. In: “Impactes e Perspetivas da Formação Contínua de Professores e Formadores”. Lisboa: CeiED.
    • Figueira, E. (2019). Capital Social e o Processo de Participação da Comunidade Local no Desenvolvimento do seu Território. In: José Fialho Feliciano (Ed.). Economia Social e Solidária. Desafios e Sustentabilidade das Organizações, Lisboa: CIPES.
    • Figueira, E., & Alves, M. (2019). Avaliação do Impacte da Formação Contínua de Professores nas Suas Práticas: Modelos e Metodologias. In: Libro de capítulos del 6th International Congress of Educational Sciences and Development, cap. 44.
    • Gil, R., & Sanches, I. (2019) (no prelo). Desafios da Educação para o Século XXI. O projeto-piloto de inovação pedagógica na promoção do sucesso escolar de todos. Seminário Internacional “Educação Inclusiva – Atitudes que transformam”. Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
    • Homem Junior, L. (2019). Como me Tornei um Ursulino. In: P. Alonso (Org). Universidade Santa Úrsula: 80 anos de história. (46-57). Agora21.
    • Ioannidis, K., Costa, C. S. (2019). Digital Hybrids – Between Tool and Methods: An Introduction and Overview. In Costa, C. S. et al. (Orgs.), CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, 11380, (pp. 241-250). DOI: 10.1007/978-3-030-13417-4_19
    • Ioannidis, Konstantinos, Smaniotto Costa, Carlos (2019). Digital Hybrids – Between Tool and Methods: An Introduction and Overview. In Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019): CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380, 241-250. Doi: 10.1007/978-3-030-13417-4_19
    • Ioannidis, K., & Smaniotto Costa, C. (2019). Digital Hybrids – Between Tool and Methods: An Introduction and Overview. In Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019). CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications.
    • Limeira, L.C. (2019). Capítulo 6: Avaliação Institucional e Projeto Político-Pedagógico – Uma trama em Permanente Construção. In Portela, K. C. A. & Schumacher, A. J. (Eds.), Produção Científica e Experiências Exitosas na Educação Brasileira 3 (60-73). Atena Editora. DOI 10.22533/at.ed.532192108
    • Lopo, T. T. (2019). Interacionismo sociodiscursivo e possibilidades de análise do discurso pedagógico oficial: O caso do II Governo Constitucional português. In A. P. Costa, S. O. Sá, P. Castro, & D. N. Souza (Eds.), Investigação Qualitativa na Educação (887-896). Ludomedia.
    • Madanian, S., Costa, C. S. (2019). Analysing traditional orchards as potential for greenbelt planning in the city of Qazvin, Iran. In Menezes, M. & Costa, C. S. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Edições Universitárias Lusófona (pp 355-364).
    • Madanian, S., & Smaniotto Costa, C. (2019). Analysing traditional orchards as potential for greenbelt planning in the city of Qazvin, Iran. In: Menezes, M. & Smaniotto Costa, C. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisbon: Edições Universitárias Lusófona, pp. 355-364.
    • Martins, E. C. (2019). Animação Sociocultural e gerontológica de intervenção sobre os esquecidos na ruralidade: Apostas e desafios. In Castro e Sousa, F., Pereira, J. D. L., Lopes, M. S. Animação sociocultural, Território Rural, Património, Turismo, Envelhecimento e Desenvolvimento Comunitário (pp.115-122). Chaves: Publ. Intervenção
    • Martins, E. C. (2019). G. Rouma e Faria de Vasconcelos nas ‘Missões Belgas’ (1909 a 1920): Dos ideais da Escola Nova à Reforma Educativa liberal boliviana. In Díaz, J. M. H. (Org.), Influencias Belgas en la Educación Española e Iberoamericana (pp. 385-396). Ediciones Universidad de Salamanca
    • Martins, E. C. (2019). Introdução. Martins, E. C. (Org.). (2019). António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro. Edição (pp. 11-38). Câmara Municipal de Castelo Branco /Várzea Rainha Impressores
    • Martins, E. C. (2019b). Ação de Faria de Vasconcelos no âmbito da orientação profissional/escolar no IOP. In: Martins, E. C. (Org.), António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro (pp. 321-348). Câmara Municipal de Castelo Branco/ Várzea Rainha Impressores
    • Martins, E. C. (2019c). Influxos do naturalismo pedagógico, do pragmatismo e do social na escola nova e em Faria de Vasconcelos. In: Martins, E. C. (Org.), António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro (pp. 435-464). Câmara Municipal de Castelo Branco/ Várzea Rainha Impressores.
    • Martins, E. C. (2019d). A perspetiva da Pedagogia Contemporânea em Faria de Vasconcelos e as tendências educativas geradas pela escola nova. In: Martins, E. C. (Org.), António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro (pp. 505-533). Câmara Municipal de Castelo Branco/ Várzea Rainha Impressores.
    • Martins, E. C. (2019e). Faria de Vasconcelos na esteira de Georges Rouma na (re)organização da escola pública boliviana: das ideias da escola nova à formação de professores. In: Martins, E. C. (Org.), António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro (pp. 543-573). Câmara Municipal de Castelo Branco/ Várzea Rainha Impressores.
    • Martins, E. C. (2019f). Faria de Vasconcelos por Terras d’ Além-Mar Latino Americano: Da pluralidade à defesa e promoção das culturas locais bolivianas numa interculturalidade emancipatória e participante. In: Martins, E. C. (Org.), António Faria de Vasconcelos nos meandros do Movimento da Escola Nova: Pioneiro da Educação do Futuro (pp. 621-640). Câmara Municipal de Castelo Branco.
    • Menezes, M., Arvanitidis, P., Costa, C. C., Weinstein, Z. (2019). Teenagers’ Perception of Public Spaces and Their Practices in ICTs Uses. In Costa, C. S. et al. (Orgs.), CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, 11380, 109-119. Doi: 10.1007/978-3-030-13417-4_9
    • Menezes, M., & Smaniotto Costa, C. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisbon: Edições Universitárias Lusófona.
    • Menezes, M., Arvanitidis, P., Smaniotto Costa, C., Weinstein, Z. (2019). Teenagers’ Perception of Public Spaces and Their Practices in ICTs Uses. In: Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019). CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications.
    • Oliveira, M., Craveiro, C. & Silva, B. (2019). Formação de educadores de infância: perceção de estudantes sobre a sua formação. In Picaglie, G. B. & Oliveira, A. C. (Eds.), Conhecimentos e Saberes da Psicopedagogia Clínica e Institucional, (127-135). Atena Editora. DOI 10.22533/at.ed.039190402.
    • Oliveira, M., Craveiro, C., & Silva, B. (2019). Formação de educadores de infância: perceção de estudantes sobre a sua formação. In Conhecimentos e Saberes da Psicopedagogia Clínica e Institucional. Ponta Grossa (PR): Atena Editora, pp. 127-135. DOI: 10.22533/at.ed.039190402.
    • Oliveira, M., Craveiro, C., & Silva. B. (2019). Formação de Educadores de Infância: Perceção de estudantes sobre a sua formação. In: Picaglie, G. B., & Oliveira, A. C. (Ed.). Conhecimentos e saberes da psicopedagogia clínica e institucional. Ponta Grossa: Atena Editora, pp. 127-136.
    • Paiva, F.C.J (2019). Educação de Adultos: desafios e demandas observadas a partir do funcionamento do Programa de Educação de Jovens e Adultos – EJA. In: Baggio, V. (Org.). Coleção Rumos da Educação, 2(2) (273-286) Diálogo Freiriano.
    • Pinto da Costa, E. & Sá, S. (2019). Conflict Mediation at School: Literature Review with webQDA®. In Costa, A., & Reis, P. (Orgs.), Computer Supported Qualitative Research (pp. 114-123). Springer, Cham. Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E. & Sá, S. (2019). Teacher Narratives on the Practice of Conflict Mediation. In Costa, A.; Reis, L. & Moreia, A. (Orgs.), Computer Supported Qualitative Research. WCQR2018. Advances in Intelligent Systems and Computing, 861, (pp. 156-169) Springer, Cham. Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E. (2019). Mediação escolar: abordagem avaliativa de um modelo de alcance amplo. In Picaglie, B.; Oliveira, A. C. (Orgs.), Conhecimentos e saberes da psicopedagogia (pp. 28-38). Atena Editora. DOI 10.22533/at.ed.0391904024
    • Pinto da Costa, E. (2019). Mediação escolar: abordagem avaliativa de um modelo de alcance amplo. In: B. Picaglie; A. C. Oliveira (Orgs.). Conhecimentos e saberes da psicopedagogia (pp. 28-38). Ponta Grossa: Atena Editor. DOI 10.22533/at.ed.0391904024 Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E., & Sá, S. (2019) (no prelo). Experimentar a Mediação de Conflitos em contexto escolar: perceção dos educadores e professores da educação pré-escolar ao 2º ciclo do ensino básico. Atas do XIV Congresso SPCE. Coimbra: Universidade de Coimbra.
    • Pinto da Costa, E., & Sá, S. (2019). Teacher Narratives on the Practice of Conflict Mediation. A. Costa; L. Reis & A. Moreia (Eds.), Computer Supported Qualitative Research. WCQR2018. Advances in Intelligent Systems and Computing, vol. 861, pp. 156-169. Springer: Cham. DOI aqui. Springer aqui.
    • Prado, D. N. M. & Souza, E. L. A. (2019). Pensando em educação… Buscando a inclusão! In: Magalhães, C. & Eidt, N. M. (Eds.), Apropriações teóricas e suas implicações na Educação Infantil (1). Editora CRV (189-199). DOI: 10.24824/978854442749.1
    • Reichwein, S., Costa, C. S., Westerholt, D. (2019). Fostering biodiversity in densely built-up areas. A contribution to the debate on research needs. In Menezes, M. & Costa, C. S. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Edições Universitárias Lusófona, (pp 167-184).
    • Reichwein, S., Smaniotto Costa, C., & Westerholt, D. (2019). Fostering biodiversity in densely built-up areas. A contribution to the debate on research needs. In Menezes, Marluci & Smaniotto Costa, Carlos (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisbon: Edições Universitárias Lusófona, pp. 167-184.
    • Rézio, A. (2019). Três perspetivas inovadoras: dicionários, contos e jogos. Encontro Inovação no Ensino da Matemática e das Ciências. Santarém: Escola Superior de Educação de Santarém.
    • Sanches, I. (2019) (Ed.) (ebook no prelo). Educação Inclusiva: atitudes que transformam. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Silva, M. (2019) (no prelo). Utilização de edulcorantes em alimentos consumidos por crianças e jovens. Trabalho apresentado em IX Encontro de Investigação e II Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, In: Livro de resumos do IX Encontro de Investigação e II Encontro Internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações. ESE: Lisboa (9 e 10 de abril).
    • Smaniotto Costa, C., Menezes, M., Kenna, T., Alvaréz Franco, F. (2019). Towards a Framework for Understanding the Synergies between Public Spaces. In Eva Vaništa Lazarević, Milena Vukmirović, Aleksandra Krstić-Furundžić, Aleksandra a (Eds.) Keeping Up with Technologies to Create the Cognitive City. Cambridge Scholars Publishing: Cambridge: 1-16. ISBN 978-1-5275-2048-6. https://www.cambridgescholars.com/keeping-up-with-technologies-to-create-the-cognitive-city.
    • Smaniotto Costa, Carlos, Šuklje Erjavec Ina (2019). The Rationale of CyberParks and the Potential of Mediated Public Open Spaces. In Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019): CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380, 3-13. Doi: 10.1007/978-3-030-13417-4_1
    • Smaniotto, C. C. (2019). O acesso ao espaço público urbano como indicador de inclusão e equidade social. In Menezes, M. & Costa, C. S. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Edições Universitárias Lusófona, (pp 137-150)
    • Smaniotto Costa, C. (2019). O acesso ao espaço público urbano como indicador de inclusão e equidade social. In Menezes, M., & Smaniotto Costa, C. (Eds.) (2019). Neighbourhood & City – Between digital and analogue perspectives. Lisbon: Edições Universitárias Lusófona, pp. 137-150.
    • Smaniotto Costa, C., & Šuklje Erjavec, I. (2019). The Rationale of CyberParks and the Potential of Mediated Public Open Spaces. In Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019): CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380, 3-13. Doi: 10.1007/978-3-030-13417-4_1.
    • Smaniotto Costa, C., Šuklje Erjavec, I., Kenna, T., de Lange, M., Ioannidis, K., Maksymiuk, G., de Waal, M. (Eds.) (2019). CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Cham: Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380.
    • Synnes, K., Artopoulos, G., Smaniotto Costa, C., Menezes, M., & Redaelli, G. (2019). CyberParks Songs and Stories – Enriching Public Spaces with Localized Culture Heritage Material such as Digitized Songs and Stories. In Smaniotto Costa, C. et al. (Eds.) (2019). CyberParks – The Interface Between People, Places and Technology – New Approaches and Perspectives. Springer, Series: Information Systems and Applications LNCS 11380, 224-237.
    • Teodoro, A., Galego, C. & Fraga, N. (2019). Teaching Comparative Education in Portugal. In Peters, M. A. (ed.). Encyclopedia of Teacher Education. Singapore: Springer. DOI: Disponível aqui.

    2018

    • António, A. (2018). Critical Discourse Analysis: between Journalism and Education. In A. P. Costa (Ed.). Abstracts Book of the 3rd World Conference on Qualitative Research, Lisboa, 2.
    • Artopoulos, G., Synnes, K., Bahillo, A., Smaniotto Costa, C., Rebernik, N. (2018). Use of Data Analytics for Enriching Public Spaces with Unique Experiences of Localised Cultural Heritage Content. In Carsten Busch, Christian Kassung & Jürgen Sieck (Eds). Kultur and Informatik: Hybrid Systems. Glückstadt: VWG, 99-112
    • Benavente, A. (2018). O que investigar em Educação? In A. Teodoro (Ed.). O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófona, pp. 13-26.
    • Brás, J., & Gonçalves, M. (2018). Da tradição à inovação curricular da Escola Nova. In Carla Galego, Maria Manuel Ricardo & António Teodoro (Eds.), A Educação Comparada para além dos números: contextos locais, realidades nacionais, processos transnacionais. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 103-109.
    • Brás. J., & Gonçalves, M. (2018). O Imaginário educacional no Jornal Academia Portuguesa (1932-1933). In José María Hernández Díaz (Ed.). Prensa Pedagógica, Mujeres, Niños, Sectores populares y otros fines educativos. Salamanca: Ediciones Universidad Salamanca, pp. 153-168.
    • Correia, A., Fernandes, C., & Maia, J. (2018). Attitudes and self-beliefs of ability towards mathematics and science and their effects on career choices: A case study with Macau Chinese girls. In António Teodoro (Ed.), Behind mirrors: Research pathways (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 190-201.
    • Craveiro, C. (2018). Formação inicial de educadores de infância: realidade e identidade profissional em análise. In A. Teodoro (Ed.). O Outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias, pp. 214-229.
    • Galego, C. (2018). Políticas educativas e ensino superior. A análise da internacionalização no contexto de trabalho da profissão académica em Portugal. In A. Teodoro (Ed.), O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófona, pp. 155-175.
    • Gomes, M., Neves, I., & Silva, B. (2018). Qualidade na educação de infância através do envolvimento parental – Projeto EQuaP. In: Teodoro, A. (Ed.). O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Centro de Estudos e Intervenção em Educação e Formação (CEIEF) Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, pp. 230-238.
    • Martins, E. (2018). A ação de Faria de Vasconcelos no âmbito da orientação profissional/escola no IOP. In: E.C. Martins (Ed.) António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Publ. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 329-348.
    • Martins, E. (2018). A perspetiva da pedagogia contemporânea em Faria de Vasconcelos e as tendências educativas geradas pela Escola Nova. In: E.C. Martins (Ed.) António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 505-533.
    • Martins, E. (2018). Faria de Vasconcelos na esteira de G. Rouma na (re)organização da educação pública boliviana: Das ideias da Escola Nova à formação de professores. In: E.C. Martins (Ed.) António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 551-581.
    • Martins, E. (2018). Faria de Vasconcelos por Terras de Além-Mar latinoamericanao: Da pluralidade à defesa e promoção das culturas locais bolivianas numa interculturalidade emancipatória. In: E.C. Martins (Ed.) António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 629-640.
    • Martins, E. (2018). Influxos do naturalismo pedagógico, do pragmatismo e do social na escola nova e em Faria de Vasconcelos. In: E.C. Martins (Ed.). António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 435-464.
    • Martins, E. (2018). A proteção e (re)educação da criança portuguesa errante e em conflito social na história da educação social. In: A. Teodoro (Ed.). O Outro lado do Espelho: Percursos de Investigação. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 239-247.
    • Martins, E., & Picado, J. (2018). Faria de Vasconcelos e os contributos (psico)pedagógicos ao estudo da infância e da delinquência juvenil. In: E. C. Martins (Ed.). António S. Faria de Vasconcelos nos meandros do movimento da escola nova: Pioneiro da educação do futuro. Castelo Branco: Pub. Câmara Municipal de Castelo Branco/Várzea da Rainha Impressores, pp. 465-490.
    • Mascarenhas, D., Maia, J., & Sola, T. (2018). A importância das tarefas de investigação, da resolução de problemas e dos materiais manipuláveis no ensino e aprendizagem de perímetro, área e volume no 5º ano de escolaridade. In António Teodoro (Ed.). O outro lado do espelho: Percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 248-276.
    • Oliveira, J., Roca, Z., & Roca, M. (2018). Reflexões Sobre o Turismo de Segunda Residência e o Ordenamento do Território em Portugal. In: Fernandes, J. A. R. et al. (Ed.). Livro de Atas, XVI Colóquio Ibérico de Geografia, Península Ibérica no Mundo: Problemas e Desafios para uma Intervenção Ativa da Geografia, Lisboa, Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa, pp. 680‑688.
    • Oliveira, J., Roca, Z., & Roca, M. (2018) Residential tourism and municipal land use planning in Portugal. In: Mazón, T. (Ed.). Turismo Residencial. Nuevos Estilos de Vida: de Turistas a Residentes. Publicacions de la Universitat d’Alacant, Sant Vicent del Raspeig, pp. 423-440.
    • Pinto da Costa, E. (2018). A mediação de conflitos nas interfaces da mediação na escola. In M. Assunção Flores, A. Silva, & S. Fernandes (Orgs.), Contextos de Mediação e de Desenvolvimento Profissional. Santo Tirso: De facto Editores, pp. 35-58.
    • Pinto da Costa, E. (2018). Modelos de mediación de conflictos en el ámbito escolar y evidencias de un proyecto portugués con un enfoque amplio. In J. C. Torrego, L. Rayón, Y. Muñoz & P. Hernández (Eds.). Inclusión y Mejora Educativa. Obras colectivas. Ciencias de la Educación, 24. Alcalá de Henares: Servicio de Publicaciones de Universidad de Alcalá de Henares, pp. 228-238.
    • Ricardo, M. (2018). “O professor” como construção de uma identidade associativa dos professores no período do Estado Novo, 1971-1974. In A. Teodoro (Ed.). O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófona, pp. 177-191.
    • Sanches, I. (2018). “Sobrevoando” a deficiência: do que os portugueses pensam ao que os políticos fazem. In A. Teodoro (Ed.). O outro lado do espelho: percursos de investigação (CeiED 2013-2017). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 96-111.
    • Teodoro, A., Galego, C., & Pires, C. (2018). Educación Superior y Formación del profesorado. Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. Alejandra Montané López (Ed.), Educación Superior y Formación del profesorado: Governaza y Política, dimension social, pertinencia curricular e innovación docente. Valencia: Institut de Creativitat i Innovacions Educatives de la Universitat de València, pp. 1126-1154.
    • Vale, A., & Mouraz, A. (2018) (no prelo). Os debates como estratégia de trabalho curricular participado dos estudantes no Ensino Superior – Cumprindo o desígnio da coesão social e da inclusão. In Tavares J. et al. Docência no ensino superior: experiências no Brasil, Portugal e Espanha.

    2017

    • Benavente, A. et al (2017). Exílios. 2 –Testemunhos de exilados e desertores portugueses (1961-1974). Lisboa: AEP/Associação de Exilados Políticos Portugueses.
    • Brás, J. V., & Gonçalves. M. N. (2017). Filosofia do medo: corpo e saúde. In P. M. Pinto (Ed.). História, Memórias, Narrativas – Ruturas, Violências, Fundamentalismos e Revoluções. Lisboa. Edições Universitárias Lusófonas.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2017). A gravitação dos valores educativos no colonialismo e no pós-colonialismo em Angola. In J. M. Hernández Díaz & E. Eyeang (Eds.). Los valores en la educación de África. (pp. 501-514). Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca. ISBN: 978-84-9012-806-0.
    • Corrêa, E., Delgado, M. J., Marinheiro, M. L., Mendes, P., & Farinho, P. (2017). Orff music therapy in specific learning disabilities – A case study. In P. R. Ascensión (Ed.). Uma mirada internacional sobre la educación inclusiva. Propostas de intervención y renovación pedagógica. (pp.157-164). Albacete: Ediciones de la Universidad de Castilla – La Mancha.
    • Corrêa, E., Silveira, L., Raposo, H., Delgado, M. J., & Farinho, P. (2017). Victory, victory, all’s well that goes on well…- project of social involvement with the elderly. In P. R. Ascensión (Ed.). Retos de la educación inclusiva para construir una sociedad incluyente. Propuestas de investigación en el aula. (pp. 101-114). Cuenca: Publicaciones UCLM.
    • Delgado, M. J., Cartas, A., Farinho, P. Corrêa, E., & Casal, J. (2017). Building a checklist for the accessibility assessment. In P. R. Ascensión (Ed.). Uma mirada internacional sobre a educación inclusiva. Propostas de intervención y renovación pedagógica. (pp.740-748). Albacete: Ediciones de la Universidad de Castilla – La Mancha.
    • Farinho, P., Casal, J., Raposo, H., Delgado, M. J. & Corrêa, E. (2017). Processes of collaboration between regular education teachers and special education in primary education in Portugal. In P. R. Ascensión (Ed.). Uma mirada internacional sobre a educación inclusiva. Propostas de intervención y renovación pedagógica. (pp.728-736). Albacete: Ediciones de la Universidad de Castilla – La Mancha.
    • Galego, C. &, Pires, C. G. (2017). Construção do Espaço Europeu de Ensino Superior: os sistemas de avaliação e a profissão académica em Portugal e Espanha. In A. A. Fávero & G. Tauchen (Eds.). Avaliação do Ensino Superior: perspectivas mundiais (Vol.1). Curitiba-Brasil: Editora CRV.
    • Lourenço, R., Farinho, P., Delgado, M., & Corrêa, E. (2017). Repensar as Plataformas de Gestão em Função dos Padrões de Qualidade das Escolas. In Maria dos Anjos C. (Ed.). Supervisão, Liderança e Inclusão. Ramada, Portugal: Edições Pedago ISBN: 978-989-8655-77-6.
    • Martins, E. C. (2017). A instrução pedagógica dos jesuítas no ‘Collegii Santi Fidelis’ (Louriçal do Campo), de 1863-1910’. In E. C. Martins. A Ação (socio)educativa dos jesuítas e o Colégio de São Fiel no Louriçal do Campo (p. 143-242). Lisboa: Caritas Editora – ISBN 978-972-9008-48-1
    • Martins, E. C. (2017). Orfanato/Seminário de Meninos Órfãos em São Fiel: A ação educativa e assistencial de Frei Agostinho d’Anunciação. In E. C. Martins. A ação (socio)educativa dos jesuítas e o Colégio de São Fiel no Louriçal do Campo (p. 75-108) Lisboa: Caritas Editora – ISBN 978-972-9008-48-1
    • Menezes, M., Smaniotto Costa, C. (2017). People, public space, digital technology and social practice: an ethnographic approach. In A. Zammit & T. Kenna (Eds.) Enhancing Places through Technology. Lisbon: Edições Universitárias Lusófonas, (pp. 167-180). ISBN 978-989-757-055-1
    • Pereira, P., Raposo, H., Casal, J. & Corrêa, E. (2017). Social inequality and the digital divide among students. In A. P. Ruiz (Ed.). Retos de la educación inclusiva para construir una sociedad incluyente. Propuestas de investigación en el aula. (pp. 126-133). Cuenca: Publicaciones UCLM.
    • Pinto da Costa (2017). A mediação de conflitos em Portugal. Sistemas Públicos de Mediação (familiar, penal e laboral e nos Julgados de Paz) e Mediação Privada. In C. Oliveira & C. Pires (Ed.). O Estado da Justiça. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas, pp. 75 – 108.
    • Smaniotto Costa, C., A. Bahillo Martínez, F. J. Álvarez, I. Šuklje Erjavec, M. Menezes, M. Pallares-Barbera (2017). Digital Tools for Capturing User’s Needs on Urban Open Spaces: Drawing Lessons from Studies in Barcelona, Lisbon, and Ljubljana. In C. Certomà & M. Dyer (Eds.). Citizen Empowerment and Innovation in the Data-Rich City. Springer International Publishing, pp. 177-194.

    2016

    • Baptista, A. M. H. & Tavares, M. (2016). Linguagem: colonização, colonialidade e descolonização. In M. Silva; A. M. H. Baptista (Eds.). Educação e cultura literária (pp. 31-62), 1ª ed., São Paulo: BT Académica, v. 1.
    • Bocchini, D. & Tavares, M. (2016). Da reprodução cultural à inclusão social do negro na universidade: o caso da UNILAB. In N. Silva; T. C. Martins; C. Oliveira (Eds.). Vozes Emergentes: educação e questões étnico-raciais (pp. 165-192), 1ed.São Paulo: Editora Flutuante.
    • Brás, J. V. & Gonçalves, M.N. (2016). Do biopoder à psicopolítica do corpo educativo (1910-1926). In L. A. Alves, et al. XI COLUBHE Investigar, Intervir e Preservar. Porto: CITCEM, ISBN. 978-989-8351-50-2.
    • Brás, J. & Gonçalves, M. N. (2016). A política do ser republicano: a educação como obreira da cidadania. In I. C. Silva & S. Correia (Eds.). Outras Vozes na República 1910-1926. Atas do Congresso Nacional de História e Ciência Política. Lisboa: Museu da Presidência da República. ISBN 978-972-8971-67-0
    • Costa, E. P.; Seijo, T. & Martins, A. (2016). Gabinetes de Mediação de Conflitos: estrutura de pacificação, dinâmica e resultados. In A. M. C. Silva; M. L. Carvalho & L. R. Oliveira (Eds.). Sustentabilidade da mediação social: processos e práticas. CECS – Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade. Universidade do Minho, pp. 107-118. ISBN (ebook) 978-989-8600-53-0 e ISBN (impresso) 978-989-8600-54-7.
    • Germano, A. & Tavares, M. (2016). A efetivação da História e Cultura Afro-brasileiras e africanas no Ensino Público e Privado na Cidade de São Paulo. In N. Silva; T. C. Martins & C. Oliveira (Ed.). Vozes Emergentes: educação e questões étnico-raciais (pp. 7190), 1ed. São Paulo: Editora Flutuante, v. 1.
    • Lucio-Villegas, E. & Fragoso, A. (2016). A Tramp Shining. The popular (Community) Educator in the Age of Lifelong Learning. In R. Evans, E. Kurantowicz, & E. Lucio-Villegas (Eds.). Researching and Transforming Adult Learning and Communities. The Local/Global Context (pp. 27-38) Rotterdam: Sense Publishers.
    • Lucio-Villegas, E. (2016). Relevancia de Paulo Freire en los tiempos (oscuros) del Aprendizaje a lo largo de la vida. In Pallarés, M. (Ed.). El pensamiento pedagógico del siglo XX y la acción educativa del siglo XXI (pp. 85-103). Barcelona: Octaedro.
    • Marques, F. M. (2016). Terapêutica de posição: como decidir. In M. José Lourenço, O. Ferreira & C. L. Baixinho (Ed.). Terapêutica de posição: contributo para um cuidado de saúde seguro (pp. 55-66). Loures: Lusodidacta.
    • Oliveira, E. C.; Marquez, S. O. M.; Thome, Z. & Cerquinho, K. G. (2016). Introdução ao curso e ao ambiente virtual. In E. C. Oliveira; S. O. Moraes; Z. R. C. Tomé. (Ed.). Coordenação Pedagógica: reflexão e prática. 1 ed.Manaus: EDUA, 2016, pp. 09-41.
    • Rechena, A. (2016). Social representations theory and museum visitors. In A. Davis & K. Smeds (Eds.). Visiting the visitor. An enquiry into the visitor business in Museums. (pp. 139-152). Alemanha: Transcript. ISBN: 987. 3. 8376.3289.7.
    • Santos, E.; Teodoro, A. & Costa Junior, R. Dos (2016). Rankings universitários: entre a regulação do mercado e a difusão de modelos organizacionais – o caso brasileiro. In A. Del Vecchio & E. Santos (Eds.). Educação Superior no Brasil: modelos e missões institucionais (pp. 33-56). S. Paulo: BT Acadêmica. ISBN: 978-85-9485-013-3.
    • Santos, R.; Santos, S. R. G. & Tavares, M. (2016). Inclusão da diversidade cultural no currículo. In M. Silva, A. M. H. Baptista (Eds.). Educação e Cultura literária. (pp. 99-113), 1 ed. São Paulo: BT Académica.
    • Silva, C. & Fonseca, J. (2016). Educational Data Mining: A Literature Review. In A. Rocha; M. Serrhini & C. Felgueiras (Eds.). Information and Communication Technologies. Europe and MENA Cooperation Advances. Volume 520. Advances in Intelligent Systems and Computing (pp 87-94). ISBN: 978-3-319-46567-8 (Print) 978-3-319-46568-5 (Online)
    • Tavares, M. (2016). Educação Superior: Insurgências e resistências decoloniais na Bolívia. In M. Tavares & M. Todaro (Eds.). Do outro lado do espelho: insurgências descoloniais. São Paulo: BT Académica.
    • Tavares, M. (2016). Entre o sonho e a morte: desvelamentos, revelações e contaminações na narrativa ficcional de Mia Couto. In M. Silva & M. Fusaro (Eds.). Mia Couto. Uma literatura entre palavras e encantamentos (pp. 51-79). 1ed.São Paulo: BT Académica.
    • Teodoro, A. (2016). La construcción política de la educación en el Escenario Europeo. In R. F. Arnove, C. A. Torres & S. Franz (Eds). Educación Comparada. La dialéctica de lo global y lo local (pp. 635-649). Valencia: Tirant Humanidades.

    2015

    • Amaro, A., Corrêa, E., Delgado, M., & Farinho, P. (2015). De Órion a Miró é um saltinho só! Uma proposta interdisciplinar através das artes – 1.º Ciclo. In M. Bermúdez (Ed.), Avances en Ciencias de la Educación y del Desarrollo (pp. 328-339). Granada: Universidade de Granada.
    • Brás, J. V., & Gonçalves. M. N. (2015). O corpo: Um texto socialmente escrito nas circunstâncias da I República portuguesa. In G. A. Damiano, L. H. Pereira, & W. C. Oliveira (Eds.), Corporeidade, Educação e Tecnologias: Experiências, Possibilidades e Desafios (pp. 120-144). Jundiaí: Paco Editorial.
    • Clímaco, M.C., & Silva, A. P. (2015). Promoting collaboration toolset. The EPNoSL Toolkit. School Leadership for Equity & Learning. European Policy Network on School Leadership.
    • Corrêa, E. (2015). A criatividade como metodologia científica na formação e intervenção dos animadores socioculturais. In J. Pereira, M. Lopes, & M. Maciel (Eds.), O animador sociocultural no século XXI (pp. 213-221). Chaves: Intervenção.
    • Duarte, T., Smaniotto, C., Mateus, D., Menezes, M., & Bahillo, A. (2015). Pervasive open public spaces –The amalgamation of information and communication technologies into open public spaces. In O. Marina, & A. Armando (Eds.), Projects for an Inclusive City. Social Integration through Urban Growth strategies (pp. 212-225). Skopje: City of Skopje.
    • Mateus, D., & Menezes, M. (2015). Por uma cultura do caminhar antes de planear as áreas suburbanas: (Re)pensando as práticas de planeamento e intervenção. In C. A. Marques (Ed.), Planeamento Cultural Urbano em Áreas Metropolitanas. Revitalização dos Espaços Pós-Suburbanos (pp. 241-252). Lisboa: Caleidoscópio.
    • Mateus, D., Smaniotto, C., Duarte, T. Menezes, & M. Bahillo, A. (2015). New tools for inclusive cities – Pervasive public open spaces, the amalgamation of information and communication technologies into public open spaces. Reflections from Action Cost CyberParks – TU1306. In O. Marina, & A. Armando (Eds.), Projects for an Inclusive City. Social Integration Through Urban Growth Strategies (pp. 212-225). Skopje: Alpeko Grup & Saniko Printing House.
    • Smaniotto, C., Menezes, M., & Šuklje, I. (2015). How can information and communication technologies be used to better understand the way people use public spaces. In C. A. Marques (Ed.), Planeamento Cultural Urbano em Áreas Metropolitanas. Revitalização dos Espaços Pós-Suburbanos (pp. 161-173). Lisboa: Caleidoscópio.
    • Smaniotto, C., Norton, C., Domene, E., Hoyer, J., Marull, J., & Salminen, O. (2015). Water as an element of urban design: Drawing lessons from four European case studies. In W. L. Filho, & V. Sumer (Eds.), Sustainable Water Use and Management: Examples of New Approaches and Perspectives (17-43). London: Springer (17-43). doi: 10.1007/978-3-319-12394-3_2
    • Teodoro, A. (2015). A educação como frente de luta. Recortes sobre um programa de democratização da escola básica em Portugal (1974-1976). In F. C. Pinto (Ed.), Educação, História e Políticas. Tributo a Rogério Fernandes (pp. 103-136). Lisboa: Edições Piaget.

    2014

    • Benavente, A., & Aníbal, G. (2014). Para uma escola com sentido: De Gutenberg a Google. In A. Benavente (Ed.), Espaços Mundo e Educação: Desafios no Brasil e em Portugal (pp. 219-235). Paraíba: CAPES/Universidade Federal da Paraíba.
    • Benavente, A., & Melo, A. (2014). A educação permanente, manifesto político nas encruzilhadas da humanidade: Um desafio actual. In A. Benavente (Ed.), Espaços-Mundo e Educação: Desafios no Brasil e em Portugal (pp. 13-25). Paraíba: CAPES/Universidade Federal da Paraíba.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2014). A “Iluminação” italiana na “escuridão” da educação portuguesa. In J. M. H. Díaz (Ed), Influencias Italianas en la Educación Española e Iberoamericana (pp.541-552). Salamanca: FahrenHouse.
    • Gouveia, J., Craveiro, C., Santos, A., Silva, B., Santos, C., Brandão, I., & Martins, M. (2014). Competências transversais: A construção do perfil profissional dos docentes de educação básica. In G. Portugal, A. I. Andrade, C. Tomaz, F. Martins, J. A. Costa, M. R. Migueis, R. Neves & R. M. Vieira (Eds.), Formação Inicial de Professores e Educadores: Experiências em Contexto Português (pp. 301-320). Aveiro: UA Editora.
    • López, A. M., Naidorf, J., & Teodoro, A. (2014). Social and cognitive justice: The social relevance of the higher education in Latin America. In I. Bogotch, & C. M. Shields (Eds.), International Handbook of Educational Leadership and Social (In)Justice (pp. 81-96). Springer Science+Business Media Dordrecht. doi: 10.1007/978-94-007-6555-9_6 Link
    • Martins, E. C. (2014). Intervenção escolar no 1º ciclo CEB: Animar o recreio prevenindo atos agressivos e indisciplinares. In I. Fialho (Ed.), Políticas Educativas, Eficácia e Melhoria das Escolas (pp. 63-80). Évora: CIEP-EU.
    • Martins, E. C., & Teixeira, L. F. (2014). O comportamento indisciplinado dos alunos do 1º ciclo do ensino básico em sala de aula (estudo de caso numa escola urbana de Castelo Branco). In I. Fialho (Ed.), Políticas educativas, Eficácia e Melhoria das Escolas (pp. 81-99). Évora: CIEP-UE.
    • Martins, E. C. (2014). Animação (sociocultural) e educação turística e cultural na frágua duma pedagogia do encontro e diálogo entre saberes. In J. D. Pereira, M. S. Lopes, & M. A. Maltez (Eds.), Animação Sociocultural: Turismo, Património, Cultura e Desenvolvimento Local (pp. 145-156). Chaves: Edição Intervenção-Associação para a Promoção e Divulgação Cultural.
    • Martins, E. C. (2014). As narrações dos professores na memória educativa portuguesa durante o Estado Novo e depois de 1974 (Historias de Vida de professores aposentados). In F. Comas Rubi, S. G. Gómez, X. M. Salas, & B. S. Garcia, (Eds.), Imatges de L‘ Escola Imatge de L’Educació (pp. 113-126). Palma de Mallorca: Universitat de les Illes Balears/Ed.Titol.
    • Martins, E. C., Hermosell, J. D. G., & Merchán, I. R. (2014). Análise às relações de amizade e habilidades emocionais em turmas de 3º e 4º ano do ensino básico (Programa de inteligência emocional em escolas da região de Castelo Branco). In F. Veiga (Ed.), Envolvimento dos alunos na Escola: Perspetivas Internacionais da Psicologia e Educação, (pp. 424-444). Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Ramírez-Diaz, J. A., Ruiz- Flores, J., & Teodoro. A. (2014). The role of academicians’ networks in Latin America: The fight against social injustices. An institutional challenge. In I. Bogotch, & C. M. Shields (Eds.), International Handbook of Educational Leadership and Social (In)Justice (pp. 911-938). Springer Science+Business Media Dordrecht. doi: 10.1007/978-94-007-6555-9_46 Link
    • Roca, M. N., Roca, Z., Oliveira, J. A., & Costa, L. (2014). Second home expansion in Portugal: Spatial features and impacts. In M. Janoschka, & H. Haas (Eds.), Contested Spatialities, Lifestyle Migration and Residential Tourism (pp. 124-142). London: Routledge.

    2013

    • Brás, J. V. (2013). Um novo firmamento ético para o homem. O Olimpismo como insaciável realização humana. In P.M. Pinto (Ed.), Olímpico. Os jogos num percurso de valores e de significado (pp. 71-90). Porto: Edições Afrontamento.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N., & Hernandez Dias, J. M. (2013). Do orgânico ao funcional e simbólico: a construção do corpo nos manuais de civilidade em Portugal e Espanha. In J. V. Brás, & M.N. Gonçalves (Eds.), O Corpo – Memória e identidade (pp. 16-36). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N., & Jezine, E. (2013). Acesso ao ensino superior em Portugal: novos públicos e novas expectativas. In E. Jezine (Ed.), Políticas da educação superior no Brasil: expansão, acesso e igualdade social? (pp. 132-148). João Pessoa: Editora UFPB.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). A descentralização do ensino no jogo de poderes e saberes do ideário republicano. In L. M. Bernardo, & L. Andrade (Eds.), Representações da República (pp. 442-458). V. N. Famalicão: Edições Húmus.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). A escrita do corpo nos séculos XVII e XVIII em Portugal. In J. E. Ortega (Ed.), Marcas del cuerpo en educació. Imaginários simbólicos y materiales (pp. 39-58). Valladolid: Universidad Europea Miguel de Cervantes.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). A valorização da profissão docente no imaginário da I República. In L. M. Bernardo, & L. Andrade (Eds.), Representações da República (pp. 497-510). V. N. Famalicão: Edições Húmus.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). O jornal da Associação dos Professores: o espalhar dos discursos dos docentes na imprensa (1856-1862). In J. M. Hernández Díaz (Ed.), Prensa Pedagógica y patrimonio histórico educativo (pp. 413- 425). Salamanca: Ediciones Universidad de Salamanca
    • Cavadas, B. (2013). O Corpo Negro vs O Corpo Branco: Estereótipos Raciais nos Manuais Escolares de Zoologia. In J. V. Brás, & M. N. Gonçalves (Eds.), O Corpo – Memória e Identidade (pp. 77-87). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Coimbra, M. N. (2013). A Imagética Feminina e a Crítica Social n´Os Maias. In J. V. Brás, & M. N. Gonçalves (Eds.), O Corpo – Memória e identidade (pp. 141-149). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Corrêa, E., Delgado, M. J., & Farinho, P. (2013). A Didática das Expressões Artísticas na Formação de Professores. In S. Castilho (Ed.), Reflexiones, analisis y Propuestas sobre a formación del professorado de Educación (pp. 194-197). Madrid: Uned
    • Corrêa, E., Delgado, M. J., & Farinho, P. (2013). Criatividade no ensino: Um Desafio na Formação de Professores. In S. Castilho (Ed.), Reflexiones, analisis y Propuestas sobre a formación del professorado de Educación (pp. 257-261). Madrid: Uned.
    • Corrêa, E., Delgado, M. J., & Farinho, P. (2013). A Expressão Plástica: Boas Práticas para a Formação de Professores. In S. Castilho (Ed.), Reflexiones, analisis y Propuestas sobre a formación del professorado de Educación (pp. 197-201). Madrid: Uned.
    • Dinis, L. & Sanches, I. (2013). Entre possibilidades e potencialidades: a inclusão num centro de reabilitação e integração. In I. Sanches (Ed.), Para uma Educação Inclusiva: dos conceitos às práticas (pp. 50-72). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Duarte, R. S., Macara, T. (2013). O sindicato nacional dos professores: o associativismo docente no ensino particular (1939-1974). In R. S. Duarte, M. M. C. Ricardo, & M. L. Silva (Eds.), Percursos do Associativismo e do Sindicalismo Docente em Portugal, 1890-1990. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Freitas, A., & Sanches, I. (2013). As diferenças que nos unem! Experiências de aprendizagem cooperativa em sala de aula. In I. Sanches (Ed.), Para uma Educação Inclusiva: dos conceitos às práticas (pp. 19-49). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Lourenço, F. & Teodoro, A. (2013). Espaços, identidades e culturas na América Latina: alternativas epistémicas para um outro mundo possível. In A. Teodoro, C. H. Mendizabal, F. Lourenço, & M. Villegas. (Eds.), Interculturalidad y Educación superior. Desafios de la diversidad para un cambio educativo (pp. 175-193). Buenos Aires: Editorial Biblos.
    • Martins, A. (2013). O corpo feminino na Idade Média: um lugar de tentações. In J. V. Brás, & M. N. Gonçalves (Eds.), O Corpo – Memória e identidade (pp. 103-127). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Moutinho, A. (2013). Instalações Interativas e Recursos Expográficos da Exposição. In M. Moutinho (Ed.) Catálogo da Exposição Baixa em Tempo Real. Lisboa: Departamento de Museologia da Universidade Lusófona.
    • Primo, J., Leite, P., & Moutinho, M. (2013). Memória da Exposição – Memória duma Exposição. In M. Moutinho (2013). Baixa em tempo real – Lisboa: livro de referência (pp. 25-27). Lisboa: Centro de Estudos de Sociomuseologia.
    • Ricardo, M. M. C. (2013). A construção de uma identidade associativa dos professores de inglês: A newsletter da TESOL – Portugal (1979-1985). In R. S. Duarte, M. M. C. Ricardo, & M. L. Silva (Eds.), Percursos do Associativismo e do Sindicalismo Docente em Portugal 1890-1990. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Ricardo, M. M. C. (2013). O professor como construção de uma identidade associativa dos professores no período do Estado Novo, 1971-1974. In R. S. Duarte, M. M. C. Ricardo, & M. L. Silva (Eds.), Percursos do Associativismo e do Sindicalismo Docente em Portugal 1890-1990. Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Teodoro, A. (2013). Políticas Educativas o la Transdisciplinaridad de un Campo de Estudio. In C. Tello (Ed.), Epistemologías de Política Educativa. Posicionamientos, perspectivas y enfoques (pp. 485-494). Campinas, SP: Mercado de Letras.
    • Teodoro, A. (2013). The Political Construction of European Education Space. In R. F. Arnove, C. A. Torres & S. Franz (Eds.) Comparative Education. The Dialectic of the Global and the Local (pp. 445 – 457). New York, US & Plimouth, UK: Rowman & Littlefield. Disponível aqui.
    • Teodoro, A., Duarte, R. S., & Gonçalves, M. N. (2013). Associativismo, sindicalismo e identidade(s) docente(s): algumas particularidades do percurso português. In J. Gindin, M. O. V. Ferreira & S. Del Rosso. (Eds.). Associativismo e sindicalismo em educação: teoria, história e movimentos (pp. 29-41). Brasília: Paralelo 15.
  • Artigo em Conferência

    2019

    • Correia, S.V. (2019). Management and Financing of Schools in Portugal. The course of an investigation between indicators, policies and actors. In Silva, A. L., Tomic, D. & Grilec, A. Book of Proceedings 39th International Scientific Conference on Economic and Social Development – “Sustainability from an Economic and Social Perspective”, (pp. 422-424).
    • Gonçalves, M.J.B. e Silva, A.P. (2019). Sucesso educativo e redução do abandono escolar: o papel da liderança de topo. In Atas III Encontro Nacional de Jovens Investigadores em Educação. Desigualdades Sociais e Educativas que Lugar na Investigação, (pp. 324-327). Edições Universitárias Lusófonas.
    • Pinto da Costa, E. & Sá, S. (2019). Experimentar a Mediação de Conflitos em contexto escolar: perceção dos educadores e professores da educação pré-escolar ao 2ºciclo do ensino básico. In Seixas, A. M. (2029). Atas do XIV Congresso SPCE. XIV Congresso da SPCE | Ciências, Culturas e Cidadanias. (pp. 460-471) Universidade de Coimbra. Disponível neste .PDF – (clique aqui para efetuar download).
    • Pinto da Costa, E. & Vilas-Boas, M. (2019). Aprendizagens na “Escola de Mediadores”. In A. Nunes; D. F. Jorge; J. R. Monteiro; J. C. Morais; L. T. Dias, L. Miranda, M. Ricou & R. Trindade (Orgs.), Atas do 3º Congresso Internacional promovido pela Revista de Psicologia, Educação e Cultura: “o local e o mundo: sinergias na era da informação” (pp. 369-379). ISPGAYA. Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E.& Sá, S. (2019). Prática de mediação de conflitos por professores e educadores. In A. Nunes; D. F. Jorge; J. R. Monteiro; J. C. Morais; L. T. Dias, L. Miranda, M. Ricou & R. Trindade (Orgs.), Atas do 3º Congresso Internacional promovido pela Revista de Psicologia, Educação e Cultura: “o local e o mundo: sinergias na era da informação” (pp. 380-396). ISPGAYA. Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E.; Ribeiro, P. & Teles, R. (2019). Cultura(s) de Convivência Juvenil potenciada(s) pela Mediação. In A. Nunes; D. F. Jorge; J. R. Monteiro; J. C. Morais; L. T. Dias, L. Miranda, M. Ricou & R. Trindade (Orgs.), Atas do 3º Congresso Internacional promovido pela Revista de Psicologia, Educação e Cultura: “o local e o mundo: sinergias na era da informação” (pp. 336-351). ISPGAYA. Disponível aqui.
    • Pinto da Costa, E., & Sá, S. (2019). Prática de mediação de conflitos por professores e educadores. A. Nunes; D. F. Jorge; J. R. Monteiro; J. C. Morais; L. T. Dias, L. Miranda, M. Ricou & R. Trindade (Orgs.). Atas do3º Congresso Internacional promovido pela Revista de Psicologia, Educação e Cultura: “o local e o mundo: sinergias na era da informação”. Vila Nova de Gaia: ISPAGAYA, pp. 380-396.
    • Sá, S. & Pinto da Costa, E. (2019). Prática de mediação de conflitos por professores do 3º ciclo de ensino (Poster). Atas do I Fórum Ibérico de Mediação, II Congresso Nacional de Mediação e V Encontro de Mediação Familiar da RAM. Instituto Português de Mediação Familiar do Funchal. Universidade do Funchal.
    • Rosa, V. (2019) (no prelo). Sociological analysis of three dual combat practices in Portugal: the case study of aikido, judo and wrestling. Journal of Human Sport and Exercise. Spain: University of Alicante.
    • Rosa, V. (2019) (no prelo). Sport practice of karate in Portugal: sociological analysis of the identities, ideologies, communities and cultures of the Portuguese karateka’s (brown and black belts). Journal of Human Sport and Exercise, Spain: University of Alicante.
    • Silva, M., Garcia, A., Patrocínio, A., Nogueira, S., & Sousa, C. (2019) (no prelo). Educação ambiental no 1º CEB – Utilização do ensino experimental das ciências na simulação do impacte dos incêndios nos solos e nos rios. Trabalho apresentado em IX Encontro de Investigação e II Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, In Livro de resumos do IX Encontro de Investigação e II Encontro Internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações. ESE: Lisboa (9 e 10 de abril).
    • Silva, M., & Neves, I. (2019) (no prelo). Relação escola-famílias: dar voz às famílias. Atas do IV SLBEI – Seminário Luso-Brasileiro de Educação de Infância & I CLABIE – Congresso Luso Afro Brasileiro de infâncias e Educação. Aveiro: Universidade de Aveiro (15-17 de novembro de 2018).

    2018

    • Craveiro, C., Silva, B., Dalila, L., Friães, R., Parente, C., & Vieira, F. (2018) (no prelo). Practicum in Preschool Teacher Education: The Role of Pedagogical Supervision for Students Professional Development. Artigo aceite para as Atas da 20th International Conference on Early Childhood Education and Care (ICECEC). New York.
    • Craveiro, C., Silva, B., Dalila, L., Friães, R., Parente, C., & Vieira, F. (2018) (no prelo). O papel do practicum na formação inicial dos educadores de infância: As perspetivas dos orientadores cooperantes e dos estudantes. Artigo aceite para Atas do XXVI Colóquio da Association Francophone Internationale de Recherche Scientifique en Education (AFIRSE), Tempos, espaços e artefactos em educação. Lisboa, Portugal.
    • Farias, S., & Martins, A. (2018). Invisibilidade Feminina e Representações Sociais de Gênero em Tecnologia e Ciências. In Actas 12 Congresso Nacional de Psicologia (pp 731-739). Lisboa: ISPA.
    • Figueira, E., & Alves, M. (2018). Como Avaliar O Impacte Da Formação Contínua De Professores? Contributos para um modelo de avaliação. Comunicação apresentada na Congresso Internacional das Ciências de Educação e Desenvolvimento, Setúbal, Portugal, 21-23 de Junho.
    • Friães, R., Lino, D., Parente, C., Vieira, F., Craveiro, C., & Silva, B. (2018). The role of practicum for early childhood teacher education: the perspectives of student teachers. Seville: Proceedings ICERI2018.
    • Lino, D., Friães, R., Parente, C., Vieira, F., Craveiro, C., & Silva, B. (2018) (no prelo). O papel do practicum na formação inicial dos educadores de infância: As perspetivas dos orientadores cooperantes e dos estudantes. In XXVI Colóquio Afirse. Tempos, espaços, e artefactos em Educação. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Mestrinho, N., & Cavadas, B. (2018). Innovation in Teacher Education: An Integrative Approach to Teaching and Learning Science and Mathematics. In 2nd Innovative and Creative Education and Teaching International Conference (proceedings). Badajoz, Spain.
    • Pinheiro, A. Silva, B., Craveiro, C., Sousa, J., Aires, A. Neves, I., Patrício, A., Peixoto, J., Trindade, L. E Santiago, L. (2018) (no prelo). Educação de Infância em Moçambique: As Escolinhas Comunitárias da Província do Niassa. In Conferência Internacional IV COOPEDU: Cooperação e Educação de Qualidade. Lisboa: ISCTE-IUL.
    • Pinheiro, A., Silva, B., Craveiro, C., & Sousa, J. (2018) (no prelo). Educação de Infância em Moçambique: As Escolinhas Comunitárias da Província do Niassa. Artigo aceite para o IV Congresso de Cooperação e Educação (COOPEDU): Cooperação e Educação de Qualidade, Lisboa.
    • Silva, M. (2018). Conservantes alimentares usados em géneros alimentícios consumidos por crianças e jovens do ensino básico e secundário – Utilizações e efeitos colaterais, Trabalho apresentado em VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, In Livro de resumos do VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, Lisboa, p. 11.
    • Silva, M. (2018). Experiências sobre o Ar – Atividades Lúdicas no Ensino Experimental das Ciências e Educação para a ciência, Trabalho apresentado em V Encontro Internacional da Casa das Ciências – Ciência, Comunicação, Imagem e Tecnologia, In V Encontro Internacional da Casa das Ciências – Ciência, Comunicação, Imagem e Tecnologia, Guimarães. Edulog, p. 38.
    • Silva, M., & Lidon, F. (2018). Corantes Alimentares utilizados em alimentos consumidos por crianças. In Livro de resumos do 4º Simpósio de produção e Transformação de Alimentos em Ambiente Sustentável, Faculdade de Ciências e Tecnologia da universidade Nova de Lisboa, Caparica.
    • Silva, M., & Oliveira, K. (2018). Arroz biofortificado em selénio destinado a alimentos para bebés e crianças, Trabalho apresentado em VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, In Livro de resumos do VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, Lisboa, p. 58.
    • Silva, M., Figueiredo, C., & Santos, M. (2018). Poluição no Rio Almonda, Trabalho apresentado em VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, In Livro de Resumos do VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, Lisboa, p. 80.
    • Silva, M., Serrano, S., Ferreira, A., & Broeiro, T. (2018). Poluição da água no estuário do Tejo e suas consequências para a realimentação, Trabalho apresentado em VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações. In: Livro de resumos do VIII Encontro de Investigação e I Encontro internacional de Investigação do Centro de Investigação e Publicações, Lisboa, p. 84.

    2017

    • Brás, J,. V., & Gonçalves. M. N. (2017). A luz e a sombra na história das práticas de ensino: os jesuítas e as relações de saber-poder. In J. Pinhal, F. Costa, R. Faria (Orgs.). As pedagogias nas sociedades contemporâneas – Desafios às escolas e aos educadores. Atas do XXIII Colóquio da AFIRSE Portugal. (pp. 1181-1193). Lisboa: AFIRSE Portugal e Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Brás, J. V. & Gonçalves. M. N. (2017). O efeito da contaminação pedagógica: Froëbel em Portugal. In J. Pinhal, F. Costa & R. Faria (Orgs.). As pedagogias nas sociedades contemporâneas – Desafios às escolas e aos educadores. Atas do XXIII Colóquio da AFIRSE Portugal. Lisboa: AFIRSE Portugal e Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Dias, M., Viseu, S., Carvalho, M., Lopes, J., & Martins, J. (2017) (Org.). Política e gestão da educação: discursos globais e práticas locais. Livro de Atas do VIII Congresso Luso-Brasileiro de Política e Administração da Educação. Lisboa: Fórum Português de Administração Educacional.
    • Martins, E. C. (2017). The experience at a new school education with abnormal children: Faria de Vasconcelos (1880-1939) in the context of special education. In Acta Scientiarum Education, Maringá, 39 (2), (pp. 119-130).

    2016

    • Lopes, G. & Sanches, I. (2016). A inclusão de alunos com necessidades educativas especiais: concepção de gestores. Atas da 1ª Conferência de Educação Comparada “A Educação Comparada para além dos números”, realizada no Centro Cultural de Belém e Universidade Lusófona, Lisboa.
    • Sanches, I. & Guedes R. (2016). O Processo de Inclusão de Crianças com Transtorno do Espetro Autista – Estudo de Caso. Atas do XXIII Colóquio da Secção Portuguesa da AFIRSE. Lisboa: EDUCA/Secção Portuguesa da AFIRSE.
    • Silva, P. & Sanches, I. (2016). A inclusão do estudante surdo no Ensino Superior. Atas da 1ª Conferência de Educação Comparada “A Educação Comparada para além dos números”, realizada no Centro Cultural de Belém e Universidade Lusófona, Lisboa, 25-27 janeiro.

    2015

    • Brás, J. V., Gonçalves. M. N., & Robert, A. (2015). O domínio do risco: A produção da verdade republicana. In I. C. Silva, M. Pignatelli, & S. M. Viegas (Eds.), Livro de Atas do I Congresso da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa (pp. 10605-10613). Lisboa: Faculdade de Ciências Sociais e Humanas.
    • Brás, J. V., & Gonçalves. M. N. (2015). Avaliando a política da vida: Implicações no sistema educativo português (séc. XIX-XX). In T. Estrela, M. C. Cavaco, M. J. Cardona, P. R. Pinto, B. Cabrito, F. A. Costa, … P. Figueiredo (Eds.), Atas do XXII Colóquio da AFIRSE (pp. 935-947). Lisboa: EDUCA/AFIRSE.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2015). A Bíblia e o esculpir do corpo. In P. M. Pinto, C. A. Cavalcanti, & E. Figueira (Eds.), Anais do I Congresso Lusófono de Ciência das Religiões – Religiões e Espiritualidades – Culturas e Identidades (pp. 4-25). Lisboa: Edições Universitárias Lusófonas.
    • Martins, A. O. (2015). Do Éden ao Inferno: Representações do corpo feminino na idade média. In P. Mendes Pinto, C. A. Cavalcanti, S. Junqueira, & E. Figueira, E. (Eds.), Anais do I Congresso Lusófono de Ciência das Religiões. Religiões e Espiritualidades – Culturas e Identidades (pp. 68-80). Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias.
    • Melo, K., & Sanches, I. (2015). Avaliação do processo de ensino-aprendizagem da criança com autismo, na sala do ensino regular, através das concepções e das práticas das suas professoras e profissionais de apoio. In T. Estrela (Ed.), Diversidade e Complexidade da Avaliação em Educação e Formação. Atas do XXII Colóquio da AFIRSE Portugal (pp. 1019-1033). Lisboa: EDUCA/AFIRSE Portugal.
    • Santos, G., & Sanches, I. (2015). A avaliação do processo de inclusão de pessoas com necessidades educativas especiais, na sala de aula de ensino regular, tendo em conta as concepção de professores e gestores. In T. Estrela (Ed.), Diversidade e Complexidade da Avaliação em Educação e Formação. Atas do XXII Colóquio da AFIRSE Portugal (pp. 698-711). Lisboa: EDUCA/AFIRSE Portugal.

    2014

    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2014). Cidadania e poder do corpo: A ilusão dos direitos. In M. J. Carvalho, A. Loureiro, & C. A. Ferreira (Eds.), Atas do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Espaço de investigação, Reflexão e Ação interdisciplinar (pp. 556-564). Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2014). Oportunidades perdidas, oportunidades renovadas. Formação de adultos em debate. In N. Alves, C. Cavaco, P. Guimarães, & M. Marques (Eds.), Atas do VI Seminário Luso-Brasileiro Educação, Trabalho e Movimentos Sociais – Das Políticas às Lógicas de Ação (pp. 8-16). Lisboa: IE-UL.
    • Carmo, A., & Sousa, O. (2014). Encontro entre gerações em sala de aula. In M. J. Carvalho, A. Loureiro, & C. A. Ferreira (Eds.), Atas do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Espaço de investigação, Reflexão e Ação interdisciplinar Atas do XII Congresso da SPCE (pp. 603-638). Vila Real: Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro.
    • Carvalho, M. J., Gonçalves, M. N., & Brás, J. V. (2014). O risco e a incerteza: Componentes inelutáveis da tomada de decisão no projeto da modernidade. In Associação Portuguesa de Sociologia (Ed.), 40 anos de Democracia(s): Progressos, Contradições e Prospetivas. Atas do VIII Congresso Português de Sociologia. Lisboa: Associação Portuguesa de Sociologia.
    • Costa, M., & Sanches, I. (2014). Motivações e representações dos professores de educação especial: Um contributo para o seu estudo. In T. Estrela (Ed.), Educação, Economia e Território – O papel da Educação no Desenvolvimento. Atas do XXI Colóquio da Secção Portuguesa da AFIRSE (pp.145-154). Lisboa: EDUCA. Disponível
    • Craveiro, C., Gonçalves, D., & Gouveia, J. (2014). Formação de professores. A relação educativa baseada em valores, saberes e práticas de referência. In ESEPF (Ed.), Memórias e Rumos (pp. 99-102). Porto: ESEPF.
    • Craveiro, C., Gonçalves, D., & Gouveia, J. (2014). Supervisão Pedagógica. Uma área consolidada na ESEPF. In ESEPF (Ed.), Memórias e Rumos (pp. 115 – 119). Porto: ESEPF.
    • Falcão, R., & Sanches, I. (2014). Utilização das TIC em crianças com perturbação do espectro do autismo no pré-escolar: A perspetiva dos professores. In M. J. Carvalho, A. Loureiro, & C. A. Ferreira (Eds.), Atas do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Espaço de investigação, Reflexão e Ação interdisciplinar (pp.974-984). Vila Real: Universidade Trás-Os-Montes e Alto Douro.
    • Gonçalves, M. N., & Brás, J. V. (2014). A escola pública e a construção de uma nova alma nacional: Os republicanos nos alvores de Novecentos. In M. J. Carvalho, A. Loureiro, & C. A. Ferreira (Eds.), Atas do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Espaço de investigação, Reflexão e Ação Interdisciplinar (pp. 1884-1895). Vila Real: Universidade Trás-Os-Montes e Alto Douro.
    • Gonçalves, M. N., & Brás, J. V. (2014). Educar o sentir e os sentidos do desenvolvimento. In T. Estrela (Ed.), Educação, Economia e Território – O papel da Educação no Desenvolvimento. Atas do XXI Colóquio da Secção Portuguesa da AFIRSE (pp. 839-891). Lisboa: EDUCA.
    • Gouveia, J., Craveiro, C., Silva, B., Santos, C., Brandão, I., & Martins, M. (2014). Competências transversais de Educadores/as e professores/as do 1º ciclo do ensino básico: O futuro como razão de ser do presente. In A. Lopes, M. A. Cavalcante, D. Oliveira, & A. M. Hypólito (Eds.), Trabalho Docente e Formação: Políticas, Práticas e Investigação – Pontes para MudançaII Encontro Luso-Brasileiro (pp. 2052 -2066). Porto: CIIE.
    • Oliveira, M., & Silva, B. (2014). A ilustração atual e as suas potencialidades pedagógicas. In A. Saldanha, & M. Ornelas (Eds.), Atas do 2º Congresso da Rede IberoAmericana de Educação Artística (pp. 172-182). Guimarães: Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual.
    • Sanches, I., & Teixeira, R. (2014). Sim, não falo, mas comunico… A comunicação aumentativa como facilitador da participação num grupo de jardim-de-infância. In M. J. Carvalho, A. Loureiro, & C. A Ferreira (Eds.), Atas do XII Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação. Espaço de investigação, Reflexão e Ação interdisciplinar (pp. 1897-1910). Vila Real: Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro.

    2013

    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). O imaginário do movimento associativo docente em meados de oitocentos (1856-1862). In Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (Ed.), Livro de Actas do IX Congresso Luso-Brasileiro de História da Educação (pp. 4069-4082). Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). O poder do saber da educação física na arena parlamentar da I República. Le pouvoir du savoir de l’éducation physique dans l’arène parlementaire de la Première République. In T. Estrela (Ed.), Livro de Actas do XIX Colóquio Internacional da AFIRSE. Lisboa: EDUCA/Secção Portuguesa da AFIRSE.
    • Brás, J. V., & Gonçalves, M. N. (2013). Biopolítica e direitos do homem. In D. S. Bento D. S. (Ed.), Livro de Actas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia (pp. 923-937). Braga: Centro de Investigação em Educação (CIEd) / Instituto de Educação-Universidade Minho.
    • Martins, E. C. (2013). O Repositório: Imagem de marca e objeto de aprendizagem em meio digital. In IPCB (Ed.), Atas III Conferência do IPCB sobre o livre acesso ao conhecimento científico – O desafio da publicação em meio científico: como, onde, porquê? (pp. 41-52). Castelo Branco: IPCB Edição.
    • Martins, E. C. (2013). Intervenção escolar no 1º Ciclo de Educação Básica: Animar no recreio prevenindo atos agressivos. In CIEP-UÉvora (Ed.), PEEME – Atas do Congresso Internacional Politicas Educativas, Eficácia e Melhoria das Escolas, (p. 63-80). Évora: CIEP-UÉvora.
    • Martins, E. C. (2013). O Comportamento indisciplinar dos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico em sala de aula: estudo de caso numa escola urbana de Castelo Branco. In CIEP-UÉvora (Ed.), PEEME – Atas do Congresso Internacional Politicas Educativas, Eficácia e Melhoria das Escolas, (p. 63-80). Évora: CIEP-UÉvora.
    • Martins, E. C. (2013). Viver com dificuldade intelectual e desenvolvimento num lar residencial: Estudo de caso de um adulto com DID. In L. Lima-Rodrigues, & D. Rodrigues (Eds.), Atas do III Congresso Internacional “Educação Inclusiva e Equidade” (pp. 45-63). Almada: Instituto Piaget/Pró-Inclusão
    • Martins, E. C. (2013). Para além da formação: Incluir & Inserir na vida ativa Jovens com DID (Estudo de Caso). In N. Alves, C. Cavaco, P. Guimarães, & M. Marques (Eds.), Atas do VI Seminário Luso-Brasileiro Educação Trabalho Movimentos Sociais (p. 128-145). Lisboa: Universidade de Lisboa-IE.
    • Martins, E. C., & Ceia, H. (2013). Desenvolvimento emocional e compreensão social em crianças autistas (Estudo de Caso). In Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (Ed.), Atas do I Congresso Internacional, – Envolvimento dos alunos na escola: perspetivas internacionais da Psicologia e Educação (p. 815 – 836). Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa.
    • Oliveira, J. A., Roca, M. N. O., & Roca, Z. (2013). Um contributo para o estudo dos efeitos económicos das segundas residências no desenvolvimento rural. In M. L. S. Carvalho, P. D. S. Henriques, V. Narciso (Eds.), Atas do Congresso ESADR 2013: Alimentar mentalidades, vencer a crise global (pp. 2087-2105). Évora: Universidade de Évora.
    • Oliveira, M., & Silva, B. (2013). Ilustração: diálogo entre arte e educação. In D. S. Bento D. S. (Ed.), Livro de Actas do XII Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho
    • Roca, M. N. O., Leitão, N., & Roca, Z. (2013). A expansão de segundas residências em Portugal Continental: uma proposta de tipologia espacial. In T. P. Correia, V. Henriques, & R. P. Julião (Eds.), Actas do IX Congresso da Geografia Portuguesa – Geografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência (pp. 609-614). Évora: Associação Portuguesa de Geógrafos.